MUNDO

Abrigo, doação de sangue e corridas de graça: A onda de solidariedade que tomou Barcelona após atentado

Espanhóis fazem uma grande 'força-tarefa' para ajudar feridos de atentado que matou ao menos 13 pessoas.

17/08/2017 16:36 -03 | Atualizado 17/08/2017 16:46 -03
Montagem/Getty Images/Facebook
O Facebook liberou o "Safety Check" e as pessoas usaram a ferramenta para oferecer comida, abrigo, doação de sangue ou qualquer ajuda. 

O atentado terrorista que aconteceu em Barcelona, na região da Catalunha, comoveu a Espanha e o mundo nesta quinta-feira (17). Homens lançaram uma van contra os pedestres em Las Ramblas, calçadão situado no centro de Barcelona e um dos principais pontos turísticos da capital catalã, e deixou ao menos 13 mortos e 80 feridos.

A Polícia Regional da Catalunha confirmou que o atropelamento se trata de um ataque terrorista e já identificou e prendeu um suspeito. De acordo com o El País Espanha, as autoridades buscam por outros terroristas que participaram do atentado.

Agora isolada pelas autoridades locais, a região estava lotada de espanhóis e turistas no momento do atentado. A van percorreu cerca de 600 metros e bateu em um quiosque.

O mundo assistiu em choque o ataque terrorista, que já é considerado um "massacre". Barcelona, porém, decidiu agir e os primeiros atos de solidariedade começaram a surgir logo depois da tragédia.

No Twitter, as pessoas informaram telefones de ajuda.

Também há relatos de que taxistas e hotéis estariam ajudando as vítimas. "Pessoas doando sangue, taxistas fazendo corridas de graça, hotéis oferecendo alojamento... Valores que o terrorismo jamais vencerá", escreveu uma espanhola no Twitter.

"O pai de @jimifighterx é taxista e está fazendo corridas de graça por Barcelona. Todos unidos."

O serviço de carros particulares, Cabify, decidiu oferecer todas as corridas de graça nesta quinta.

"Se está em #Barcelona e precisa se locomover, Cabify está gratuito durante o dia de hoje, inserindo o código UNIDOS1708"

Em homenagem às vítimas, fizeram um emocionante minuto de silêncio em Foz, na Espanha:

Muitas pessoas registraram e publicaram vídeos e fotos do acidente, com imagens dos corpos das vítimas. Uma corrente foi feita nas redes sociais para denunciar ou não compartilhar as imagens.

"A melhor homenagem ou forma de mostrar sua indignação ao atentado de #Barcelona é não compartilhando, nem publicar imagens das vítimas."

Ainda pelas redes sociais, as pessoas pediram doação de sangue para feridos.

"Amigos de #Barcelona, um pequeno gesto ajuda, se está por perto e pode doar sangue, os feridos necessitam. Obrigado!"

"Contamos com reservas para atender os feridos do atropelamento em Barcelona em caso de necessidade de transfusão de sangue."

Um médico também ofereceu ajuda.

"Sou traumatologista, estou em Zaragoza, se precisarem de alguém com urgência estou há 3 horas de carro."

Logo após o atentado, o Facebook liberou o "Safety Check", ou "confirmação de segurança", para usuários informarem que estão seguros em Barcelona. A ferramenta, porém, começou a ser usada entre os locais para oferecer comida, abrigo, doação de sangue ou qualquer ajuda.

Reprodução/Facebook

Mais de 2 mil pessoas que moram perto do local do ataque publicaram na plataforma que podem hospedar pessoas, oferecer refeições para as pessoas, cuidados especiais, roupas e trabalho voluntário.

Reprodução

LEIA MAIS:

- Atentado terrorista em área turística de Barcelona deixa mortos e feridos

Atentado em Barcelona