VIRAL

Liv tem apenas 5 anos e muito a te ensinar sobre 'brinquedos de menina e menino'

Parece que temos a nossa Youtuber preferida: 'E não esqueçam, meu nome é Liv'.

15/08/2017 12:49 -03 | Atualizado 15/08/2017 13:00 -03
Reprodução
Parece que temos a nossa Youtuber preferida: 'E não esqueçam, meu nome é Liv'

Ela tem apenas cinco anos e está conquistando o coração da internet com o seu canal no Youtube. A pequena Liv tem um recado muito importante: "Não existe brinquedo só de menino e nem de menina. É de criança."

Em um vídeo de pouco mais de cinco minutos publicado no último domingo (13), a pequena, que é "dirigida" por seus pais, conta com toda a espontaneidade: "Se você se diverte fazendo o que você gosta, qual o mal que tem? Seja feliz do jeito que você quiser. Somos todos crianças!"

Ao longo do vídeo, Liv vai mostrando os brinquedos que coleciona, desde bonecas até os ~brinquedos polêmicos~ como o Batman.

Liv conta que o seu super-herói, depois de salvar o mundo, vai direto pra casa fazer um delicioso "papá" (jantar) para ele. É ou não é uma garotinha esperta?

Para contar sobre o brinquedo favorito, Liv faz todo um suspense... Depois, revela que o personagem Sonic, uma figura conhecida dos jogos de vídeo game, é o seu predileto já que corre muito rápido e é bem forte.

Em entrevista ao HuffPost Brasil, Victoria Backer, mãe da menina, contou que toda a ideia do canal partiu da pequena.

"Ela sempre interagiu muito bem com a câmera sempre que eu e o pai dela gravávamos Snaps [vídeos de curta duração do aplicativo Snapchat] com ela, ela entendia que as pessoas viam aquilo, então ela falava com pessoas, não apenas com uma câmera", explica a mamãe orgulhosa.

Sobre os temas que a Liv comenta no canal, como a colônia de férias e os brinquedos prediletos, Victoria diz que tudo está relacionado ao universo da pequena.

"Tudo tem acontecido naturalmente, sobre o que ela vive e quer falar sobre, em nenhum momento queremos usá-la como instrumento para pregar algo, tudo parte da vontade dela."

Victoria chama atenção de que faz questão de criar a filha com liberdade para ela ser quem quiser.

"Sempre deixamos a Liv ter a liberdade de escolher o que vestir, o que brincar, ela tem consciência que ela pode ser quem ela quiser. A Liv é muito nova pra entender exatamente o que é feminismo, mas por ela se sentir livre pra ser quem ela quiser, imagino que esteja no caminho certo. Eu nunca imaginaria que ela iria ter a cabeça tão aberta a isso, porque por mais que ensinemos em casa, tá na escola, tá na TV, tá imposto em todo lugar o que é certo pra menina ou pra menino. Só tenho muito orgulho dessa mocinha! Acreditamos que o respeito e amor ao próximo é realmente a base de tudo", conta.

Sobre a desenvoltura da garota, que já conquistou mais de 1 milhão de visualizações em seus vídeos no Youtube, a mãe diz que tem se surpreendido.

"Quem tem feito os vídeos com ela é o pai dela! Então, tentamos apenas manter um roteiro para que tudo faça sentido. O papai vai dando um suporte sendo a 'produção' para manter ela focada no assunto. Mas ela fala o que ela quer, a gente não impõe nada!"

LEIA MAIS:

- A resposta de uma mãe ao desconhecido que sugeriu que ela tem filhos demais

- Este projeto quer ajudar meninas de comunidades de todo o Brasil a descobrirem seu potencial

5 motivos pelos quais valeu esperar tanto por um filme da Mulher Maravilha