ENTRETENIMENTO

A luta e a resistência das mulheres são celebradas em 'Na Pele', single de Pitty e Elza Soares

Parceria inédita foi lançada nesta sexta-feira (4) nas plataformas digitais.

04/08/2017 11:47 -03 | Atualizado 04/08/2017 17:21 -03

"A vida tem sido água, fazendo caminhos esguios

Se abrindo em veios e vales

Na pele, leito de rio"

Os versos acima estão no refrão de Sua Pele, parceria entre Elza Soares e Pitty lançada nesta sexta-feira (4). A faixa traz na letra uma celebração à resistência e força das mulheres que lidam diariamente com as marcas - externas e internas - da vida.

A canção foi composta por Pitty durante a produção se seu último álbum, Setevidas. Após um período de "descanso" da música, a artista enviou uma amostra para Elza.

"Mandei uma demo da música dizendo que ela fizesse o que tivesse vontade; gravasse no seu disco, cantasse no show, o que ela quisesse, que a música era dela. E ela sugeriu de gravarmos juntas, o que me deixou imensamente honrada", conta a cantora.

Divulgação
Capa do single é assinada pela artista Eva Uviedo.

"Cada palavra dessa letra na boca dela adquire um significado maior e mais profundo; eu escrevi essa música exatamente pra Elzinha, eu só não sabia disso naquele momento", explica.

Em nota de divulgação, Elza conta que ficou arrepiada ao ouvir Na Pele pela primeira vez. "Identificação total, cara. Quando li o trecho 'o olhar tentado e atento. Se essas são marcas externas, imagine as de dentro'. Ali tomei coragem e escutei, enlouqueci".

E comenta a conexão inesperada que teve com a cantora baiana.

"Pitty é doce e rocha ao mesmo tempo. É como se de algum modo eu me enxergasse no olhar dela, uma Elza lá de trás. Estranho é que quando ela me olha, sinto como se enxergasse uma Pitty lá da frente. A música selou essa conexão maluca", diz.

Ouça no player abaixo o single Na Pele:

LEIA MAIS:

- Elza Soares fala sobre feminismo, o amor por Garrincha e como cantar ainda é 'remédio bom'

- Pitty: 'Não tenho nenhuma pretensão em ser porta-voz de nada'

39 celebridades que se abriram sobre seus abortos espontâneos para dar apoio a outras mulheres