MULHERES

'A gente se importa um com o outro': Angelina quebra silêncio sobre divórcio

"Eu não quero ter que usar essa palavra", explicou Jolie à Vanity Fair. "As coisas se tornaram difíceis."

27/07/2017 12:18 -03 | Atualizado 27/07/2017 12:24 -03

Após meses de silêncio tanto de Brad Pitt quanto de Angelina Jolie, a atriz finalmente falou sobre o divórcio do casal mais glamouroso de Holywood.

Em entrevista à Vanity Fair, Angelina Jolie contou como está lidando com a separação que foi amplamente comentada, e cheia de fofocas, nas mídias e redes sociais.

"A gente se importa um com o outro e nos importamos com nossa família. Estamos trabalhando para o mesmo objetivo", disse a atriz sobre o seu relacionamento atual com o ex-marido.

A notícia do divórcio do casal foi divulgada em setembro do ano passado. O motivo da separação seria o conflito em torno dos 6 filhos do casal - Maddox, 15, Pax, 13, Zahara, 12, Shiloh, 11 e gemeos Vivienne e Knox, 9. Jolie teria citado "diferenças irreconciliáveis" nos documentos do divórcio.

Pitt chegou a ser atrelado a acusações de violência contra as crianças, mas foi inocentado pela Justiça em todas as situações. Jolie ainda mantém a guarda total de seus filhos.

Divulgação

Atualmente, Jolie vive com as crianças em uma nova casa, uma mansão de 25 milhões de dólares em Los Angeles.

"Foi apenas o momento mais difícil de nossas vidas, e estamos precisando de um pouco de ar. [Esta casa] é um grande salto para nós, e todos estamos tentando fazer o nosso melhor para curar nossa família", compartilhou a atriz.

Jolie não chegou a revelar por que ela escolheu pôr fim ao casamento com Pitt, mas deu algumas nuances de quando sentiu que a relação estava desgastada. A situação teria se complicado no verão de 2016, enquanto ela ainda dirigia o filme First They Killed My Father.

"Eu não quero ter que usar essa palavra", explicou rapidamente Jolie. "As coisas se tornaram difíceis."

No entanto, a atriz acabou com qualquer especulação de que o estilo de vida da família contribuiu de alguma forma para a infelicidade do casal.

"[Nosso estilo de vida] não era de modo algum negativo. Esse não foi o problema. Isso é e continuará a ser uma das maravilhosas oportunidades que podemos dar aos nossos filhos. São seis indivíduos de mentalidade muito forte, pensativos e humanos. Estou muito orgulhosa deles."

Ela descreveu seus filhos como "muito corajosos" ao lidar com toda a situação. Angelina Jolie tem colocado uma energia especial em protegê-los de maiores dificuldades com o divórcio, algo que ela lutou quando criança.

"Eu me preocupei muito com a minha mãe. Eu não quero que meus filhos se preocupem comigo. Eu acho muito importante chorar no chuveiro e não na frente deles. Eles precisam saber que tudo vai ficar bem, mesmo quando você não tem certeza."

Ao mesmo tempo em que enfrentou a separação, Jolie descobriu que ela desenvolveu hipertensão e a paralisia de Bell, o que provoca uma paralisia no rosto devido a nervos faciais danificados. Graças à terapia de acupuntura, ela conseguiu uma recuperação completa.

"Às vezes, as mulheres se colocam por último na família, até que isso se manifeste em sua própria saúde."

LEIA MAIS:

- Deixem Jennifer Aniston fora do drama do divórcio de Brad Pitt e Angelina Jolie

- Divórcio é triste, não engraçado

- Angelina Jolie agora também será professora em estudos de gênero em Universidade de Londres

Fotos de Angelina Jolie