MULHERES

A resposta de Serena Williams sobre a correção que Andy Murray fez a jornalista

"Isso é o que ele é e é uma coisa que amamos nele."

14/07/2017 15:25 -03 | Atualizado 14/07/2017 15:37 -03
NurPhoto via Getty Images
Serena e sua irmã Venus Williams, Coco Vandeweghe e Madison Keys - todas tenistas americanas - já atingiram a semifinal do torneio desde 2009. 

Parece que o tenista Andy Murray ganhou mais uma fã. Serena Williams elogiou a postura do colega, que corrigiu um jornalista durante coletiva de imprensa do torneio de Wimbledon.

Nesta semana, Murray interrompeu um jornalista americano que afirmava que o tenista era o primeiro tenista a atingir a semifinal do torneio desde 2009 -- ignorando completamente o histórico de outras tenistas que já tinham realizado o feito.

Serena e sua irmã Venus Williams, Coco Vandeweghe e Madison Keys - todas tenistas americanas - já atingiram a semifinal do torneio desde 2009.

O jogador escocês disparou "jogador masculino" antes mesmo de a pergunta chegar ao fim. "Me desculpe?", perguntou o jornalista. "Jogador masculino", reafirmou. Todos riram, mas Murray continuou sério.

O episódio foi repercutido em diversos países e chegou à Williams. Em entrevista ao canal esportivo ESPN, Serena, que é considerada a melhor tenista feminina do mundo desde 2002, elogiou Murray por defender os direitos das mulheres.

"Eu não acho que exista uma tenista, ou uma esportista, que não apoie completamente Andy Murray", disse. "Ele traz a questão de gênero e os direitos das mulheres, especialmente no tênis, sempre que pode. E ele fez isso de novo, sabe?".

"Isso é o que ele é e é uma coisa que amamos nele."

Esta não é a primeira vez que o tenista ressalta as mulheres do esporte. Na Olimpíada do Rio, no ano passado, ele corrigiu um jornalista britânico após afirmar que ele era o primeiro tenista a vencer duas medalhas de ouro.

Mas Murray o lembrou: "Venus e Serena ganharam cerca de quatro cada uma."

VRÁÁÁ

LEIA MAIS:

- Serena Williams está nua, grávida e deslumbrante na capa da Vanity Fair

Serena Williams teve um 2015 incrível