ENTRETENIMENTO

'A Lei é Para Todos'? Filme sobre a Operação Lava Jato quer mostrar que sim

"Polícia Federal - A Lei É Para Todos" tem sua data de estreia para 7 de setembro, no Dia da Independência.

12/07/2017 12:09 -03 | Atualizado 12/07/2017 12:10 -03
Reprodução/YouTube
Dirigido por Marcelo Antunez, o thriller conta como a força-tarefa surgiu e narra obstáculos, conflitos e as pistas que levaram policiais ao esquema de desvio de dinheiro público.

O filme que relata os três primeiros anos da maior investigação contra corrupção e lavagem de dinheiro da história do Brasil, a Operação Lava Jato, já tem data de lançamento e seu primeiro trailer foi divulgado.

O filme "Polícia Federal - A Lei É Para Todos" chegará aos cinemas do País em um dia bem sugestivo, 7 de setembro, Dia da Independência do Brasil, e abordará a trajetóri da investigação conhecida em todo o mundo.

Dirigido por Marcelo Antunez, o thriller conta como a força-tarefa surgiu e narra obstáculos, conflitos e as pistas que levaram policiais ao esquema de desvio de dinheiro público para pagamento de propina para executivos da Petrobras, empreiteiras, partidos políticos e parlamentares, sob a ótica da própria equipe da PF.

O filme também pretende mostrar a imparcialidade das investigações.

Ambientado no Paraná, onde as investigações começaram, o vídeo tem como elenco Antonio Calloni, Flávia Alessandra, Bruce Gomlevsky, Marcelo Serrado, João Baldasserini, Rainer Cadete, Ary Fontoura, entre outros.

Veja abaixo o trailer:

A Operação Lava Jato teve início em 17 de março de 2014 e conta, até o momento, com mais de 41 fases operacionais autorizadas pelo juiz Sérgio Moro. Mais de cem pessoas, contando com políticos e grandes empresários, já foram presas e condenadas por diversos crimes, como corrupção ativa e passiva, gestão fraudulenta, lavagem de dinheiro, organização criminosa, obstrução da justiça, entre outras.

Ela é considerada a maior investigação de corrupção da história do Brasil.

Entenda a Operação Lava Jato

LEIA MAIS:

- Por que o fim da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba prejudica as investigações