POLÍTICA

'Não existe crise econômica no Brasil', diz Temer antes do G20

Reunião entre as 20 maiores economias acontece em Hamburgo,

07/07/2017 11:06 -03 | Atualizado 07/07/2017 11:45 -03
Adriano Machado / Reuters

Ao desembarcar em Hamburgo, na Alemanha, para participar da cúpula do G20 nesta sexta-feira(7), o presidente Michel Temer afirmou que não existe uma crise econômica no Brasil.

"Crise econômica no Brasil não existe. Vocês têm visto os últimos dados. Pode levantar os dados e você verá que estamos crescendo no emprego, estamos crescendo na indústria, estamos crescendo no agronegócio. Lá não existe crise econômica", ressaltou Temer ao ser questionado sobre a posição do Brasil na reunião com as 20 maiores economias do mundo.

Nesta manhã, o brasileiro participou de uma reunião do Brics, bloco formado pelo Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, e também destacou que com diálogo com a sociedade e o Congresso Nacional o país está superando a crise econômica.

"O Brasil está superando uma das crises mais graves de sua história, graças a uma ambiciosa agenda de reformas que traz de volta o crescimento e o emprego. Diante de nossos problemas, escolhemos o caminho mais responsável, que construímos em constante interlocução com o Congresso Nacional e com o conjunto da sociedade", disse.

No último dia 30 de junho, o IBGE divulgou que o desemprego no Brasil é de 13,3% e atinge 13,8 milhões de pessoas, dado considerado estável pelo instituto em comparação ao trimestre anterior. No entanto, na comparação com o mesmo período em 2016, houve uma alta de 20,4%, e um aumento de 2,3 milhões de desocupados. (ANSA)

Leia mais notícias em ANSA

LEIA MAIS:

- 'Sejam Bem-vindos ao Inferno': A recepção aos líderes que vão participar da reunião do G-20

- A defesa de Temer contra a denúncia de corrupção em 5 pontos

A mais grave crise do Governo Temer