COMPORTAMENTO

Se você não se encaixa na geração 'x' ou 'millenial', você pode ser um 'xennial'

Porque você pode ser um pouquinho das duas coisas.

06/07/2017 16:00 -03 | Atualizado 06/07/2017 16:02 -03
Getty Images
Com um corte tão grande, dificilmente todas as pessoas nascidas nesses períodos vão se identificar com o que se convenciona ser a persona dessas gerações.

Estamos cansados de ouvir falar na geração do milênio, mas existe um grupo novo do qual vamos começar a falar muito mais.

Os integrantes da geração do milênio nasceram entre 1982 e 2004 – logo, têm entre 13 e 35 anos hoje. A geração anterior, conhecida como geração X, abrangeu outros 20 anos, começando em 1961 e terminando em 1981.

Com um corte tão grande, dificilmente todas as pessoas nascidas nesses períodos vão se identificar com o que se convenciona ser a "persona" dessas gerações.

E agora temos os chamados "xennials" – um termo novo que está sendo utilizado para descrever os nascidos entre 1977 e 1983. Como os pessimistas membros da geração X que a precedeu, essa microgeração não domina a tecnologia tanto quando os membros da geração do milênio, vistos como "nativos digitais" – ou seja, já nasceram convivendo com a tecnologia digital.

What is a xennial? #xennial #generations #jordancatalano #mysocalledlife #1980s #1990s #starwars

A post shared by p_h_davies 🏳️‍🌈 (@_xennial) on

O QUE SÃO OS XENNIALS?

- Microgeração nascida nos anos de cúspide entre a geração X e a geração do milênio

- Ou seja entre 1977-1983 (ou quando foi lançada a trilogia "Star Wars" original)

- Os xennials tiveram infância analógica e idade adulta digital

- Possuem tanto o cinismo da geração X quanto o otimismo e a garra da geração do milênio

"A ideia é que existe uma microgeração ou geração intermediária entre a geração X – cujos integrantes podemos visualizar como o pessoal deprimido, que usava camisas de flanela, ouvia bandas grunge e veio após os 'baby boomers' – e a geração do milênio, aquela cujos membros são descritos como otimistas, dominando a tecnologia e talvez pecando por um pouco de excesso de autoconfiança", disse Dan Woodman, professor adjunto de sociologia na Universidade de Melbourne, ao site australiano de estilo de vida Mamamia.

Woodman explicou que, enquanto a geração do milênio cresceu com tecnologia desde o berço, os "xennials" tiveram que se adaptar a ela para então abraçá-la.

"Foi uma experiência singular. As pessoas tiveram infância, adolescência e juventude livres da obrigação de se preocuparem com celulares e posts nas mídias sociais . Alcançamos a maioridade e aprendemos a consumir mídia antes do surgimento do Facebook, Twitter, Snapchat e tudo isso, numa época em que ainda se assistia ao jornal à noite ou se lia o jornal impresso", ele comentou.

Woodman explicou ainda que diferentes experiências exercem um papel no modo como uma pessoa se identifica com seu coorte. Por exemplo, uma pessoa da geração do milênio que tenha tido pouco dinheiro na infância provavelmente não terá tido a mesma experiência digital que outra de sua geração com mais dinheiro ou mesmo que um "xennial" que tivesse mais acesso à tecnologia e uma compreensão melhor dela.

Com qual grupo você se identifica? Você se vê como um "xennial?"

Conte-nos nos comentários abaixo.

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost Canada e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- 'Pais-helicóptero' estão criando filhos simplesmente 'inempregáveis'

- Esta é a chave para dominar a arte de jogar conversa fora, segundo uma pesquisa de Harvard

10 medos que matam os relacionamentos