ENTRETENIMENTO

Por que uma juíza de Madri ordenou a exumação do cadáver de Salvador Dalí

Pintor teria tido uma filha em 1956 após caso com uma doméstica

27/06/2017 13:40 -03 | Atualizado 27/06/2017 13:40 -03
Getty Images
A magistrada ordenou que o procedimento seja feito em Figueres, na província de Girona, onde o pintor surrealista nasceu e foi enterrado.

Uma juiza de Madri, na Espanha, ordenou a exumação do corpo do pintor Salvador Dalí, morto em 1989, para realizar um teste de paternidade, segundo informou a imprensa espanhola na última segunda-feira (26).

De acordo com o jornal El País, Maria Pilar Abel Martinez, nascida na cidade de Girona em 1956, entrou com uma ação para ser reconhecida como filha do artista. A decisão é datada do dia 20 de junho.

Segundo a juíza María del Mar Crespo, o estudo do DNA do cadáver do pintor é considerado necessário por causa da ausência de outros traços biológicos ou pessoais capazes de permitir uma comparação com as características de Dalí.

A magistrada ordenou que o procedimento seja feito em Figueres, na província de Girona, onde o pintor surrealista nasceu e foi enterrado.

O médico legista realizará a extração de mostras como "restos ósseos e/ou peças dentárias" do cadáver e encaminhará para o Instituto Nacional de Toxicologia.

O advogado de Pilar Abel, Enrique Blánquez, disse que ainda não há data definida para a exumação, embora ele acredite que ocorrerá em julho, informou ao El País.

Em comunicado, a Fundação Gala-Dalí, que administra o patrimônio do pintor, anunciou que apresentará um recurso nos próximos dias contra a decisão judicial de exumação.

De acordo com o jornal, Pilar Abel luta para ser reconhecida como filha do artista desde 2007. Ela afirma que é fruto de uma relação entre Dalí e sua mãe, que, na época, trabalhava como empregada doméstica de uma família que passava temporadas em Figueres.

Dalí foi sepultado no teatro-museu Dalí de Gigueres após o seu falecimento em 23 de janeiro de 1989. Nascido em 1904, o artista foi um dos maiores expoentes do Surrealismo. Ele foi casado com a russa Helena Diakonova, falecida em 1982, e morreu sem descendentes conhecidos.

Leia mais notícias em ANSA

LEIA MAIS:

- Van Gogh pode ter escondido 'A Última Ceia' em uma de suas pinturas mais famosas

- 5 coisas 'sujas' que você não sabia sobre os Beatles

5 fatos que explicam a força e o poder de Yoko Ono no mundo das artes