ENTRETENIMENTO

Rihanna está cobrando os líderes mundiais sobre políticas de educação

A cantora usou o Twitter para cobrá-los sobre suas metas para a educação.

24/06/2017 16:40 -03 | Atualizado 24/06/2017 16:42 -03
Regis Duvignau / Reuters
Parece que a Rihanna está cobrando os presidentes sobre políticas de educação em todo o mundo.

Algumas pessoas podem não saber, mas além de artista, Rihanna é embaixadora do Global Partnership for Education (GPE), organização que trabalha para que crianças de todo o mundo, inclusive de países pobres, consigam estudar.

E como boa embaixadora, a artista está cobrando líderes mundiais sobre os seus posicionamentos e políticas de educação.

Na última sexta-feira (23), ela mandou mensagens no Twitter para alguns deles.

Começou por Mauricio Macri, da Argentina, e depois questionou os líderes do Canadá, da França e da Alemanha.

A GPE tem a meda de arrecadar mais de 3 bilhões de dólares que serão destinados para a educação global até 2020.
No Twitter, Rihanna questionou os presidentes se eles iriam fazer alguma doação para a educação este ano.
Mauricio Macri, presidente da Argentina, respondeu que a educação é um ponto central do governo.

Steffen Seibert, da Alemanha, também respondeu a cantora. Ele garantiu que o país quase dobrou o investimento em educação desde 2013.

Rihanna já foi homenageada em Harvard por seu trabalho de ativismo.

Ao receber o prêmio, ela declarou que não é preciso ser famoso para fazer o bem.

"Tudo o que você precisa fazer é ajudar uma pessoa, não esperando nada em troca. Para mim, isso é humanitário. As pessoas fazem isso parecer muito difícil, cara. A verdade é que você precisa ser rico ou famoso para fazer o bem."

LEIA MAIS:

- Rihanna se divertiu e emocionou todo mundo com seu discurso de 'Ativista do Ano' em Harvard
- 9 provas de que Rihanna foi a pessoa que mais se divertiu no Grammy

Ideb: Como está a educação no seu Estado?