COMPORTAMENTO

Snickers muda rótulo para se aproximar de consumidores. Mas campanha é considerada 'sexista'

Close certo ou errado?

21/06/2017 17:14 -03 | Atualizado 21/06/2017 17:39 -03
Reprodução
Snickers muda rótulo para se aproximar de consumidores. Mas campanha é considerada 'sexista'.

Como você fica quando está com fome?

Uma pergunta aparentemente simples está gerando um bombardeio de comentários sobre a nova campanha do chocolate Snickers nas redes sociais.

Na última semana, a marca lançou no mercado 31 variações de embalagens estampadas com ~sentimentos~ que refletem o humor de quem está com fome.

Entre os termos aparecem adjetivos no feminino, como "lesada", "irritada", "confusa" e "perdidona". E também termos no masculino, como "nervosinho" e "reclamão". Ainda, há o termo "mimimi", muito usado na internet para situações em que há alguma reclamação ou ~frescura~.

As imagens dos novos rótulos viralizaram e houve até quem achasse que elas não eram verdadeiras.

Isso porque, para algumas pessoas, as mensagens nas embalagens são sexistas, reforçam padrões e estereótipos pejorativos ligados à mulher.

No Twitter, algumas usuárias se posicionaram contra a publicidade...

E ainda teve gente que sugeriu que a marca de chocolates concorrente desse uma "resposta" a campanha do Snickers...

A situação ficou ainda pior para o chocolate quando os usuários começaram a relembrar outros "closes errados" da marca.

Isso porque, em 2015, Claudia Raia e Betty Faria apareceram em um comercial do chocolate muito nervosas por estarem com fome. Bastou uma mordida no chocolate para que as mulheres se acalmassem. Pior: elas se transformavam em homens calmos e tranquilos.

Na época, a marca também recebeu críticas por reforçarem um padrão de gênero, como se só as mulheres fossem "desequilibradas".

Em resposta aos comentários nas redes, a marca de chocolates publicou em seu Facebook um vídeo curto em que aparecem todos os rótulos.

No post, eles afirmam que "ficar com fome é barra para todo mundo".

Em comunicado oficial, a Mars, responsável pela marca de chocolate, afirmou que não teve nenhuma intenção de veicular uma campanha sexista.

Ainda, argumentou que os termos foram produzidos no masculino e no feminino, e que foram distribuídos aleatoriamente no mercado.

Sobre o conteúdo da nova campanha de SNICKERS® "Como você fica quando está com fome", a Mars esclarece que a marca não teve nenhuma intenção de realizar uma campanha depreciativa ou sexista. Tendo como preocupação a igualdade entre os sexos, todos os termos foram produzidos no feminino e no masculino, sendo distribuídos igualmente e aleatoriamente no mercado. A Mars, assim como todas as suas marcas, valoriza a igualdade de gêneros e não compactua com nenhum tipo de discriminação. Toda comunicação da marca presa pelo humor e as palavras foram escolhidas com base em uma pesquisa feita no Brasil com consumidores. Este lançamento é focado em você se reconhecer quando está com fome. A empresa está atenta e à disposição dos consumidores para esclarecer novas e eventuais dúvidas.

A campanha que gerou polêmica não é inédita. De acordo com a assessoria da empresa, a mesma publicidade já foi veiculada em outros países.

O objetivo da mudança de rótulos é se aproximar do público jovem e criar uma maior identificação com os consumidores.

No debate sobre a campanha, o chocolate também foi defendida por alguns consumidores.

E você, o que achou?

LEIA MAIS:

- É uma miopia achar que cerveja é coisa de homem, diz VP de Marketing da Ambev
- Marca de cerveja traz beijo gay e provoca consumidores a ser quem eles quiserem

#PorTodasElas: Elas dizem NÃO ao machismo