NOTÍCIAS

Os motivos que levaram Tony Ramos a deixar de ser garoto-propaganda da Friboi

"Anunciei aquilo que eu consumia."

20/06/2017 16:19 -03 | Atualizado 20/06/2017 16:32 -03

Tony Ramos não é mais garoto-propaganda da Friboi.

O ator decidiu romper o contrato com a empresa, uma das marcas da JBS, depois do caso de corrupção envolvendo a empresa. De acordo com a Folha de S. Paulo, o cachê pago a ele era de R$ 5 milhões.

Na manhã desta terça-feira (20), Ramos falou sobre sua decisão à Rádio Gaúcha:

"Com essa delação, há uma crise institucional e, ao mesmo tempo, um incômodo da minha parte em continuar prestando meu nome não a um produto – esse eu não me envergonho, não me arrependo e continuarei a dizer como homem de palavra que sou, anunciei aquilo que eu consumia."

Segundo o G1, o ator acrescentou:

"Vejo que nessa confusão enorme de informações, eu não emprestaria mais o meu nome. É simples assim, uma equação de primeiro grau."

Tony Ramos explicou ainda que as cláusulas do contratuais permitiram rescisão do contrato e que a empresa ainda tem um prazo para retirar de circulação as peças publicitárias com a sua imagem.

"Há detalhes de multa ou não multa. Há detalhes de como faço o distrato. Existem pontos de venda no interior do Rio Grande do Sul, do Recife, de São Paulo... Algumas fotos minhas estão expostas ainda. Isso tudo tem que ser retirado. Há um tempo legal para que eles retirem isso."

De acordo com o UOL, o ator ainda disse em entrevista à Rádio Gaúcha que não tinha relacionamento com Joesley Batista, dono do grupo JBS.

O empresário afirmou à Procuradoria-Geral da República que o presidente Michel Temer sabia que ele pagava uma quantia mensal para manter calados o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB) e o operador Lúcio Funaro - ambos presos na Operação Lava Jato.

"Não tinha intimidade. Só o vi duas vezes. E justamente na comemoração do primeiro ano da campanha, que foi um grande sucesso. E no coquetel de lançamento, quando o Roberto Carlos foi contratado. A minha relação é sempre com a agência de publicidade. O sentimento ao saber daquilo foi de susto, surpresa e melancolia - que é pior do que a raiva."

No início da tarde, o rompimento do contrato de Tony Ramos e Friboi foi um dos assuntos mais comentados das redes.

Veja a repercussão no Twitter:

LEIA MAIS:

- O áudio que comprova a conversa entre Temer e Joesley, da JBS

- Joesley Batista afirma que Temer é 'chefe da quadrilha mais perigosa' do País

Pergunte se o meme é Friboi