MULHERES

Maior grafite já pintado por uma mulher é obra de brasileira. E é uma homenagem às mães

O mural 'Contos' está no Rio de Janeiro e tem 2.500 m².

15/06/2017 13:59 -03 | Atualizado 15/06/2017 14:10 -03
Reprodução/Facebook/Humberto Ohana
A artista Luna Buscchinelli vai inaugurar na próxima sexta-feira (16) o maior mural de grafite do mundo já realizado por uma mulher.

Ela tem apenas 19 anos e está prestes a conquistar um recorde inusitado.

A artista Luna Buscchinelli vai inaugurar na próxima sexta-feira (16) o maior mural de grafite do mundo já realizado por uma mulher e irá apresentá-lo ao famoso livro dos recordes Guinness Book.

Com 2.500 m², a obra Contos foi realizada no Rio de Janeiro, no muro da Escola Municipal Rivadávia Corrêa.

Na parede é possível ver uma mulher que ajuda duas crianças a ler. Segundo a artista, mais do que um recorde, o mural é um lembre e um agradecimento as mães e professoras.

"Essa obra não se trata apenas de um recorde, mas de empoderamentos: da mulher, da mãe solteira que cria seus filhos sozinha, da luta dos professores, dos alunos, da família brasileira que depende do sistema público de educação. Acredito que estou conseguindo chamar a atenção para a escola e para essas realidades que a cercam."

Quem caminha entre a Candelária e a Central do Brasil consegue perceber de longe as personagens cheias de cor de Luna.

A ideia do projeto foi do produtor Pagu, responsável por fazer acontecer o famoso corredor de grafites do Boulevard Olimpíco na capital carioca.

Tanto o Boulevard quanto a pintura de Contos estão relacionados a um projeto ainda maior: o Rio em Cores.

A ideia é que seja inaugurada na cidade outros 20 grandes painéis de grafite, totalizando mais de 10 mil metros quadrados de arte espalhada na cidade.

Outro projeto, o Rio Big Wals (Rio Grandes Muros, em tradução literal), da Secretaria Municipal de Cultura, também está em sintonia com o trabalho de Buscchinelli e Pagu.

"A meta é que o Rio figure no ranking das cidades onde o grafite se converteu em patrimônio cultural, como São Paulo, Nova York, entre outras", argumenta a secretária Nilcemar Nogueira em entrevista ao O Globo.

LEIA MAIS:

- O maior mural de grafite da Síria é obra de artistas brasileiros e crianças refugiadas
- 6 recados geniais das ruas à guerra de Doria contra o grafite
- 17 exemplos de como o Grajaú comanda o grafite de São Paulo

O Grajaú só tem craque no grafite