ENTRETENIMENTO

Este momento deletado de 'Corra!' teria mudado o filme inteiro

E se Rose também foi hipnotizada?

29/05/2017 17:09 -03 | Atualizado 29/05/2017 17:13 -03

A escolha de Allison Williams para representar a personagem Rose em "Corra!" ("Get Out") foi perfeita.

Quando o sucesso dirigido por Jordan Peele estreou, perto do final de janeiro, Alison Williams estava justamente encerrando a história de sua personagem mais famosa, Marnie, de Girls. Embora Marnie tivesse muitas qualidades simpáticas, Rose e ela têm algumas coisas em comum.

"Alison era cosmopolita e também inegavelmente caucasiana", disse Jordan Peele, criador e diretor de Corra!, quando conversou com o site Business Insider sobre a escolha do elenco.

Mas, embora Rose e Marnie tenham personalidades comparáveis, Rose, em "Corra!", é inegavelmente uma vilã. (ALERTA DE SPOILER) Ela ajuda a atrair um homem negro para uma armadilha na casa de sua família para que um branco rico possa comprar seu corpo e tomar conta de sua mente.

Já no caso de Marnie, a pior coisa que ela chegou a fazer foi usar botas Ugg.

Entretanto, um momento que acabou sendo deletado do filme e que é divulgado com exclusividade pelo HuffPost questiona se Rose era de fato uma vilã por completo.

No filme, a mãe de Rose hipnotiza jovens negros para dominá-los. Ela o faz com o personagem principal, Chris (Daniel Kaluuya) mais ou menos no início do filme. Diz que o está hipnotizando para ajudá-lo a parar de fumar.

O que revela este momento novo que foi cortado é que Rose pode ter sido hipnotizada, também.

Falando com Rose num momento em que estão a sós, Chris relata o que viveu enquanto estava hipnotizado: "Eu estava em um buraco ou alguma coisa assim e não conseguia me mexer."

"Eu passei pela mesma coisa", responde Rose no diálogo que foi cortado do filme. "Ela me hipnotizou na época do colégio, para me curar do meu medo de subir ao palco, e eu tive pesadelos loucos. Mas me lembro de ter pensado que funcionou."

É claro que Rose talvez estivesse mentindo. E a incerteza que esse diálogo confere quanto ao verdadeiro caráter dela foi provavelmente a razão por que Peele decidiu cortar esse diálogo do filme.

Mesmo assim, podemos especular que isso talvez explicasse por que a família inteira de Rose participa de crimes tão hediondos. Talvez os pais – ou, quem sabe, apenas a mãe – sejam os que mexem todos os pauzinhos para levar a família a cometer seus malfeitos.

Até agora Rose parecia ser uma das vilãs mais evidentemente perversas de 2017. Talvez esta seja uma lição que precisemos aprender: quando ficamos sabendo do contexto mais amplo, mesmo as pessoas que parecem ser claramente horríveis não são tão más quanto pareciam à primeira vista.

Ou então esta personagem perversa é, sim, tão medonha quanto você achava que fosse.

Ficamos à espera da próxima cena deletada que mostre Rose calçando Uggs também.

*Este clipe foi fornecido ao HuffPost pela Universal Pictures Home Entertainment para divulgar o lançamento de "Corra!" em Blu-ray, DVD e On-Demand, em 23 de maio de 2017. O filme já está disponível em Digital HD. Aqui no Brasil, o filme está em cartaz nos principais cinemas.

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- 7 filmes da Netflix para você pensar no quão destruidor o racismo pode ser

- Este vídeo abre o baú de referências nos anos 70 e 80 de 'Stranger Things'

13 curta-metragens de terror