ENTRETENIMENTO

‘Moonlight’ deu uma lição sobre raça a Hollywood. Pode também ensinar sobre disciplina escolar?

O filme vencedor do Oscar de 2017 lança também nova luz sobre a questão da reforma da disciplina escolar.

15/05/2017 19:28 -03 | Atualizado 15/05/2017 19:31 -03
Divulgação
Em 'Moonlight', garotos de um colégio provocam o personagem principal, Chiron, com insultos homofóbicos antes de espancá-lo.

Derek Black, Professor de Direito, Universidade da Carolina do Sul

O vencedor do Oscar de melhor filme este ano aborda um tema difícil no mundo da educação hoje: a disciplina escolar. Em Moonlight, garotos de um colégio provocam o personagem principal, Chiron, com insultos homofóbicos antes de espancá-lo. No dia seguinte, Chiron dá uma cadeirada nas costas do líder da turma. Chiron é algemado e enviado a uma escola alternativa, levando-o ao caminho das drogas.

Embora Chiron tenha de fato se tornado o agressor, ele é, no final das contas, vítima e sofre um castigo totalmente cruel por sua vingança. A dicotomia captura a principal percepção de minha recente pesquisa sobre disciplina escolar: que as suspensões e expulsões frequentemente ignoram as causas da indisciplina dos alunos.

Em uma cena de Moonlight, Chiron se vinga depois de ter sido insultado e espancado.

Por que as crianças se comportam mal?

O desenvolvimento humano normal pode explicar grande parte da indisciplina. Crianças mais jovens, por exemplo, não têm capacidade de sempre se comportar: independentemente das regras, os alunos do ensino primário ocasionalmente falam fora de hora, se empurram e perturbam a classe. Os alunos mais velhos, às vezes, passam dos limites de outras maneiras, mais sérias. Cometer erros e aprender com eles simplesmente faz parte do crescimento. Deficiências, dificuldades de aprendizado, pobreza, falta de moradia e crises de família também afetam o comportamento. Para alunos nessa situação, a indisciplina é, muitas vezes, um sinal de necessidades não atendidas — não uma falha de caráter. O ambiente escolar acrescenta outra camada complicadora.

Educadores fazem escolhas sobre como disciplinam seus alunos que podem influenciar a cultura de sala de aula, o comportamento dos estudantes e o desempenho escolar. Pesquisas mostram que abordagens punitivas criam ambientes que, na verdade, favorecem a indisciplina. Como concluiu um grupo de estudiosos:

"[Alunos] interessados em reduzir suas chances de serem suspensos... [deveriam] ir para uma escola com um índice de suspensão menor em vez de melhorar suas atitudes ou reduzir sua indisciplina."

A indisciplina escolar e a transgressão de limites são uma parte natural do desenvolvimento da criança.

Entendendo Chiron

Moonlight reúne todos esses fatores interconectados para ajudar o público a entender o comportamento dos estudantes. Chiron transgrediu um limite óbvio que não pode ser tolerado. Ainda assim, sua punição parece injusta porque o público simpatiza com seu sofrimento: sua mãe é viciada em drogas. Ele sofre assédio devido à sua identidade sexual. Seu primeiro amor se volta contra ele.

Mas, em vez de protegê-lo, a escola deixa que Chiron lide com esses desafios sozinho. Nada disso pode servir de desculpa para a atitude de Chiron, mas, provavelmente, diminui o desejo do público de tachar Chiron como um aluno violento que merece ser expulso ou ir para a cadeia.

O mau comportamento de Chiron é retratado no filme no contexto de suas difíceis experiências de vida. A24 Films

Tendências atuais de disciplina

As escolas públicas nos Estados Unidos suspendem ou expulsam três milhões de alunos por ano — muita vezes, sem nenhuma atenção ao contexto. (De 34% a 42% desses alunos são afro-americanos). A grande maioria das suspensões e expulsões é devido a atitudes menos sérias do que a de Chiron. No estado de Connecticut, por exemplo, apenas 10% das suspensões e expulsões são decorrentes de posse de arma, violência ou comportamento afetado pelo uso de drogas. A maioria tem a ver com indisciplina corriqueira.

Assim como Chiron, os dados mostram que uma única suspensão aumenta as chances de um efeito cascata: outras suspensões e expulsão, fracasso escolar, abandono da escola e prisão. Com tanta coisa em jogo, acredito que as escolas devem aos estudantes um sistema disciplinar muito mais cuidadoso.

Quando a disciplina escolar responde às necessidades dos alunos, melhora o comportamento e o desempenho escolar de todos os estudantes — não apenas dos alunos com dificuldades. As escolas com desempenho escolar mais alto são aquelas que lidam com a indisciplina por outros meios além da suspensão, expulsão e cumprimento das regras.

Essas escolas bem-sucedidas oferecem aconselhamento, apoio teórico e outros programas para ajudar os estudantes a lidar com seus problemas e reforçar o bom comportamento. Quando a indisciplina inevitavelmente ocorre, se torna uma oportunidade de aprendizado para alunos e professores. Esse tipo de abordagem, assim como Moonlight, humaniza o comportamento do aluno.

LEIA MAIS:

- 'Moonlight' é o doloroso drama de um jovem negro e gay que pode tirar o Oscar de 'La La Land'

- Por que todo homem negro deveria assistir 'Moonlight: Sob a Luz do Luar'

Humor x racismo em Os Trapalhões