MULHERES

Taís Araújo emociona ao falar sobre maternidade: 'Decidi sem ter ideia do poder de transformação'

"Quero agradecer meus filhos por me ajudarem, a cada dia, ser um pouco mais... mãe. É que não fui criada para ser mãe."

14/05/2017 17:54 -03 | Atualizado 14/05/2017 17:54 -03
Reprodução
A atriz Taís Araújo agradeceu aos filhos no Dia das Mães.

Taís Araújo é mãe dos pequenos João Vicente, 5 anos, e Maria Antônia, 2 anos.

Se, por um lado, a atriz costuma ter posicionamentos fortes quando se trata de assuntos como a violência de gênero e o racismo, na vida privada ela costuma ser discreta.

Neste Dia das Mães, porém, ela abriu o coração em um post no Instagram.

Com uma foto da sua primeira gravidez, Taís agradeceu aos seus filhos por conseguirem transforma-la em uma mulher melhor.

Neste dia das mães eu quero agradecer meus filhos por ajudarem, a cada dia, ser um pouco mais... mãe. É que não fui criada para ser mãe. Pelo contrário, minha mãe me criou para ser mulher independente, trabalhadora e uma cidadã consciente dos meus direitos e deveres. Nunca sonhei casar como princesa. Curioso que quando eu falava em formar uma família, filhos não passavam pela minha cabeça. Porque pra mim, família é onde existe amor. Até que chegou o dia que eu engravidei do meu filho. Não, não foi por acaso. Eu quis e durante um tempo virou quase obsessão. Era a minha razão lutando com uma vontade que eu não sabia de onde vinha. Instinto? Pode ser, mas logo comigo que não acredito que toda mulher veio ao mundo pra ser mãe e que a maternidade é uma escolha? Decidi ser mãe sem fazer ideia do poder de transformação da maternidade. Conforme a barriga crescia, minha alegria e meus medos cresciam juntos. Tinha muito medo de tudo: doenças, injustiças, de não saber lidar, educar, me comunicar ou construir uma relação com meu filho. Tinha medo, mas ao mesmo tempo tinha alegria e todo amor do mundo. Era muito confuso. Até o nascimento de meu filho... Momentos frágeis e de força se alternavam. Naturalmente percebi que tudo o que comecei a fazer era por e para ele. Percebi também que a vida de mulher independente não me pertencia mais. E o mais surpreendente é que não a queria de volta. Não trocaria uma noite mal dormida amamentando por uma noite mal dormida com uma bebida na mão. Meus filhos me fazem querer ser melhor mãe, cidadã, mulher, profissional. E cada vez que chego em casa meu coração dispara, meus olhos enchem d'água. Pois no fundo o que me deixa forte para a batalha do dia a dia é o abraço e o cheiro deles. Então, nesse dia das mães eu quero agradecer meus filhos por me sustentarem com seus sorrisos, lágrimas, abraços, beijos, reclamações, dramas, manhas e... amor. João Vicente e Maria Antônia, obrigada por terem me escolhido pra ser a mãe de vocês.

A post shared by Tais Araújo (@taisdeverdade) on

No post, ela compartilhou que "não foi criada para ser mãe". Pelo contrário, nunca havia sonhado em um casamento "de princesa" e filhos não faziam parte dos planos. Ela enxerga a maternidade como uma escolha, e não como uma obrigação que está atrelada ao fato de ser mulher.

Em determinado momento de sua vida, casada com o ator Lázaro Ramos, a vontade de engravidar se tornou quase uma "obsessão".

"Decidi ser mãe sem fazer ideia do poder de transformação da maternidade. Conforme a barriga crescia, minha alegria e meus medos cresciam juntos. Tinha muito medo de tudo: doenças, injustiças, de não saber lidar, educar, me comunicar ou construir uma relação com meu filho. Tinha medo, mas ao mesmo tempo tinha alegria e todo amor do mundo. Era muito confuso", escreveu.

O medo deu espaço ao amor. E hoje, Taís compartilha que os pequenos são a sua verdadeira base de sustentação.

"Meus filhos me fazem querer ser melhor mãe, cidadã, mulher, profissional. E cada vez que chego em casa meu coração dispara, meus olhos enchem d'água. Pois no fundo o que me deixa forte para a batalha do dia a dia é o abraço e o cheiro deles."

Feliz Dia das Mães, Taís! <3

LEIA MAIS:

- 'O casal imbatível': Taís Araújo e Lázaro Ramos estão poderosíssimos em capa da revista VEJA
- A capa da VEJA com Taís Araújo e Lázaro Ramos irritou muitos leitores da revista

Este é o melhor álbum de fotos de viagem que sua mãe faria (mas não fez)