NOTÍCIAS

De Marisa a Marisa: Desrespeito ou sacada de marketing?

Campanha de Dia das Mães da marca de vestuário que ironizava o depoimento do ex-presidente Lula gerou debate nas redes.

13/05/2017 10:57 -03 | Atualizado 13/05/2017 11:05 -03
Reprodução
Campanha do Dia das Mães da Marisa chama atenção da internet.

Na última sexta-feira (12), as páginas das redes sociais da marca de vestuário Marisa foram estampadas com uma campanha de Dia das Mães que ironizava o depoimento do ex-presidente Lula ao juiz Sergio Moro, ocorrido na quarta-feira (10).

Na peça publicitária, a marca escreveu: "Se sua mãe ficar sem presente, a culpa não é da Marisa".

O slogan faz alusão ao argumento do ex-presidente de que a responsabilidade era da ex-primeira dama Marisa Letícia, que estava à frente das negociações do triplex do condomínio Solaris, no Guarujá (SP) - objeto de investigação da operação Lava Jato.

No processo, Lula é acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de ser o verdadeiro dono do apartamento, que teria sido dado pela empreiteira OAS ao político como forma de propina.

Em seu depoimento, Lula disse que a "Lava Jato atenta contra a memória de Marisa Letícia". Isto por que o juiz Sergio Moro questionou o petista sobre uma visita de Marisa Letícia ao imóvel em 2014.

"Eu não sabia que tinha tido visita. Não sei o senhor tem mulher, mas nem sempre ela pergunta para a gente o que vai fazer", respondeu o político, argumentando desconhecer o episódio.

Marisa Letícia morreu em 3 de fevereiro de 2017, aos 66 anos, em decorrência de um de um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Nas redes sociais, o posicionamento da campanha gerou debate entre os usuários.

No Twitter, duas hashtags foram criadas e ficaram entre os assuntos mais comentados da rede: #NãoCompreNaMarisa e #ACulpaNãoÉdaMarisa.

Alguns dos usuários consideraram a campanha desrespeitosa por aludir a memória da ex-primeira dama.

Outro argumento utilizado é de que não há espaço para certos tipos de piadas na publicidade, ainda mais quando se trata de um tema como a operação Lava Jato.

"Não tem brincadeira engraçada quando o assunto é sério, ponto final! O brasileiro com essa mania de rir da desgraça.... estamos num momento político seríssimo, e uma empresa desse porte fazendo trocadilho barato?", escreveu Rhayana Quintas.

Mas teve muita gente que se divertiu com o slogan.

Os usuários consideraram a publicidade uma "sacada" do marketing. Para eles, o timing da campanha foi inteligente ao se utilizar do Dia das Mães e da coincidência entre os nomes da marca e de Marisa Letícia.

LEIA MAIS:

- Até Dilma Bolada está dentro da Lava Jato, diz delatora
- Entre o 'golpe' e a 'salvação do País': O impeachment 1 ano depois
- 'A Dilma ja sofreu. Agora falta o Temer', diz autor de pedido de impeachment do presidente

Lula é alvo da 24ª fase da Lava Jato