ENTRETENIMENTO

'A Mulher do Fim do Mundo', de Elza Soares, vai ganhar uma edição só de remixes

Já estamos ansiosos para curtir todo esse som nas pistas.

12/05/2017 12:48 -03 | Atualizado 12/05/2017 12:58 -03

Fãs de música eletrônica mundo afora vão poder ouvir Elza Soares nas pistas de dança muito em breve. Isso porque A Mulher do Fim do Mundo, aclamado álbum de inéditas da cantora lançado em 2015 vai ganhar uma edição só de remixes produzidos por figuras famosas da cena eletrônica mundial.

Entre os artistas estrangeiros presentes no projeto estão o instrumentista norte-americano Laraaji,(Coração do Mar), o DJ e produtor francês iZem (O Canal), e DJ e produtora portuguesa Nídia Minaj (Pra F....).

A presença brasileira fica por conta de Ricardo Dias Gomes, baixista da BandaCê, no remix de Solto, e DJ Omulu (Mulher do Fim do Mundo).

Divulgação
Capa do projeto de remixes de 'A Mulher do Fim do Mundo'.

Batizado de End of The World – Remixes, o álbum traz uma faixa remixada com exclusividade na versão digital feita por Guilherme Kastrup (Firmeza?). No CD e LP, a música ganha remix assinado pelo duo carioca Marginal Men (DJs e produtores Gustavo Elsas e Pedro Fontes) com Bad$ista.

O projeto nas versões LP, CD e edição digital será lançado em 30 de junho. Ouça as prévias das canções no player abaixo:

Um álbum de sucesso

Fruto do encontro da veterana Elza Soares com nomes da atual cena musical paulistana, o 34ª disco da cantora carioca tem repertório engajado em questões sociais, combinando discurso de empoderamento feminino, denúncias de tensão racial e de violência doméstica, entre outros temas.

A Mulher do Fim do Mundo foi quase uma unanimidade entre a crítica especializada quando lançado, ajudando a renovar e ampliar o público da incansável Elza. Ele chegou a ser citado como "um dos 10 melhores discos do ano" pelo jornal The New York Times e foi o grande vencedor do Grammy Latino na categoria de Melhor Álbum de Música Popular Brasileira.

Em março deste ano, a cantora carioca lançou um videoclipe para a música que dá nome ao álbum.

Com direção de Paula Gaitán (vencedora do prêmio Candango de Melhor Filme com Exilados do Vulcão em 2013), o vídeo intercala atrizes negras e a própria Elza Soares - numa poderosa narrativa repleta de cores, luzes e sentimentos.

Assista abaixo:

Aos 79 anos, Elza Soares esta em turnê internacional do disco que deve seguir até o meio do ano. Leia entrevista da cantora aqui, concedida pela cantora ao HuffPost Brasil na época do lançamento do álbum.

27 fatos importantes que todos devem saber sobre os Panteras Negras