MULHERES

Marcos Harter é indiciado por agressão à Emily Araújo no 'BBB 17'

Para a polícia, a análise das imagens, das declarações e do laudo pericial não deixa dúvidas de que foi Marcos quem agrediu Emilly. 

19/04/2017 15:40 -03 | Atualizado 19/04/2017 16:32 -03
Reprodução/TV Globo
O cirurgião foi acusado de agredir fisicamente e psicologicamente Emilly, com quem tinha um relacionamento dentro da casa.

O cirurgião plástico Marcos Harter foi indiciado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro após ser investigado por agressão à estudante Emilly Araújo dentro do reality show Big Brother Brasil. De acordo com a G1, foi constatado que as lesões da vencedora do BBB17 foram causadas por Marcos. O inquérito foi enviado ao Ministério Público, que seguirá com o caso.

O cirurgião foi acusado de agressões física e psicológica contra Emilly, com quem tinha um relacionamento dentro da casa, durante uma briga em uma madrugada de domingo, no último dia 9.

Nas gravações do programa, Marcos aparece acoando a ex-namorada contra a parede enquanto grita e aponta o dedo no rosto dela. Em outros vídeos, Marcos aperta os pulsos e belisca a então namorada.

Após repercussão da briga, os ex-BBBs foram ouvidos dentro da casa pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam). "Esse caso não pode ficar sem ser apurado. A tortura psicológica que ele pratica é considerada violência doméstica, se enquadra na Lei Maria da Penha", disse a diretora do Deam, Marcia Noeli Barreto ao Jornal Extra.

Marcos foi expulso do programa na segunda-feira seguinte da festa, último dia 10. Já Emilly permaneceu e acabou vencendo a 17ª edição, com 58% dos votos.

Para a polícia, a análise das imagens, das declarações prestadas e do resultado do laudo pericial não deixam dúvidas de que foi Marcos quem agrediu Emilly.

No dia 12 de abril, Harter prestou depoimento e disse nas redes sociais que "jamais teve a intenção de machucar física ou emocionalmente" a ex-namorada.

Até o fechamento da reportagem, Marcos Harter não havia comentado sobre indiciamento.

LEIA MAIS:

- Sou grata a ele e estou morrendo de saudades, diz Emilly sobre Marcos após fim do BBB

- 'Você não tem culpa de nada': O apoio que Ieda e Vivian deram a Emilly após a expulsão de Marcos

18 livros para entender mais sobre feminismo e direitos das mulheres