ENTRETENIMENTO

Público do 'BBB17' quer que a Globo expulse Marcos após agressões a Emily dentro do reality

E estão cobrando uma posição firme da Rede Globo.

09/04/2017 16:06 -03 | Atualizado 09/04/2017 16:29 -03
Reprodução/Rede Globo
Esta não é a primeira vez que marcos é agressivo no relacionamento que mantém com Emily na casa.

O Big Brother Brasil voltou a gerar polêmica. Mas, desta vez, não com memes, piadas ou emoções à flor da pele. Na noite de ontem, sábado (8), Marcos, de 37 anos, durante a festa preparada pela produção do programa, protagonizou mais uma briga com Emily, de 20. No minuto 1:06 do video abaixo é possível assistir o momento em que Emily pede para Marcos parar:

"Você me beliscou de novo, você apertou meu pulso, tá doendo"

O vídeo acima foi publicado nas redes sociais na manhã deste domingo (9) por telespectadores do programa que fizeram a hashtag #MarcosExpulso chegar ao topo dos assuntos mais comentados no Twitter.

A #MarcosExpulso é uma repercussão da atitude deste domingo (9) do brother, mas esta não é a primeira vez que ele é agressivo no relacionamento que mantém com Emily na casa.

Desta vez, durante a festa, Marcos disse na frente de Vivian que o "público é quem decide" quem vai ganhar o BBB 17.

Mas Emily queria que ele dissesse na frente de Vivian o que ele diz só para ela: que Emily é quem deve ganhar o programa e que Vivian merece o segundo lugar.

Marcos, que é médico cirurgião, agarrou Emily durante uma discussão perto da piscina da casa e também a encurralou em um canto da cozinha (você pode assistir ao momento no vídeo acima).

De madrugada, Marinalva foi se certificar de que Emily estava bem e ouviu de Marcos: "Calma. Discussãozinha".

Na manhã deste domingo (9), Marcos continuou com a discussão da noite passada:

E alguns telespectadores recuperaram outros momentos em que Marcos foi agressivo com Emily:

Outros lembraram da campanha #MexeuComUmaMexeuComTodas formada em apoio à figurinista Su Tolani na semana passada, para criticar a emissora, que ainda não se posicionou sobre a postura de Marcos no reality:

Ao mesmo tempo, algumas pessoas começaram a tuitar o número 180, de assistência a mulheres vítimas de violência doméstica e a falar da importância da denúncia:

E a lembrar que a violência psicológica também existe:

Algumas celebridades também comentaram o assunto:

Marcos disputa com Marinalva o paredão desta semana, que será realizado na noite deste domingo (9). Emily é a líder desta semana. A edição de 2017, com apresentação de Thiago Leifert, chega ao fim na próxima quinta-feira (13).

O HuffPost Brasil tentou entrar em contato com a assessoria da Rede Globo sobre o caso, mas ainda não obteve resposta. Esta nota será atualizada mediante resposta e posicionamento da emissora.

Não silencie!

"Foi só um empurrãozinho", "Ele só estava irritado com alguma coisa do trabalho e descontou em mim", "Já levei um tapa, mas faz parte do relacionamento". Você já disse alguma dessas frases ou já ouviu alguma mulher dizer? Por medo ou vergonha, muitas mulheres que sofrem algum tipo de violência, seja física, sexual ou psicológica, continuam caladas.

Desde 2005, a Central de Atendimento à Mulher, o Ligue 180, funciona em todo o Brasil e auxilia mulheres em situação de violência 24 horas por dia, sete dias por semana. O próximo passo é procurar uma Delegacia da Mulher ou Delegacia de Defesa da Mulher. O Instituto Patrícia Galvão, referência na defesa da mulher, tem uma página completa com endereços no Brasil. Clique aqui.