MULHERES

'Mexeu com uma, mexeu com todas': As atrizes globais se unem por fim do assédio na TV

Após denúncia da figurinista Su Tonani, ator José Mayer não participará mais de novela de Aguinaldo Silva.

04/04/2017 11:35 -03 | Atualizado 04/04/2017 12:48 -03

"Mexeu com uma, mexeu com todas. Chega de assédio"

Com estas duas frases estampadas em suas camisetas, atrizes globais se juntaram contra o assédio sexual nesta terça-feira (4). Taís Araújo, Camila Pitanga, Cleo Pires, Leandra Leal e outras personalidades, publicaram fotos e textos nas redes sociais em apoio á figurinista Su Tonani, de 28 anos, que denunciou assédio do ator José Mayer em texto para o blog #AgoraÉQueSãoElas, da Folha de S. Paulo, na semana passada.

#MexeuComUmaMexeuComTodas #ChegaDeAssédio

A post shared by Leandra Leal (@leandraleal) on

Sophie Charlotte, Débora Falabella, Astrid Fontenelle, Bruna Marquezine, Maria Casadevall, Dira Paes, Mariana Xavier e Drica Moraes também aderiram ao movimento. Outras personalidades como Tati Quebra Barraco, Karol Conká, Caetano Veloso, Bianca Comparato e Giselle Batista também publicaram o manifesto em suas redes sociais.

Na noite desta segunda-feira (3), a Rede Globo enviou um comunicado ao HuffPost Brasil confirmando que o ator José Mayer foi afastado da próxima novela de Aguinaldo Silva, prevista para 2018. A justificativa é que a emissora não quer "dar visibilidade a uma das partes envolvidas numa questão que é visceralmente contra tudo que a Globo acredita".

Leia o comunicado abaixo:

No que diz respeito à escalação, sim, a Globo decidiu não escalar José Mayer para a próxima novela das nove de Aguinaldo Silva, prevista para ir ao ar em 2018. Essa é uma atitude isenta e responsável da Globo de não dar visibilidade a uma das partes envolvidas numa questão que é visceralmente contra tudo que a Globo acredita. E não é uma atitude isolada. A atitude da Globo será sempre essa. A de defender que casos como esse devem ser apurados, ouvindo e oferecendo todo apoio às duas partes, dando possibilidade para que a verdade aflore e criando condições para que não se repitam. Foi isso que fizemos. E é isso que sempre faremos.

De acordo com o site Notícias da TV, o protesto tem o apoio da cúpula da emissora. A direção trata o movimento dos funcionários como "uma manifesfação contra um comportamento social", não como um protesto.

Segundo o jornalista Mauricio Stycer, a decisão de afastar o ator "de qualquer trabalho na Globo ocorreu depois que funcionários organizaram um encontro para discutir o assunto no final de semana. Um representante da emissora participou da reunião na condição de convidado".

O Stycer ainda diz que, nesta segunda-feira (3) a emissora convocou uma reunião extraordinária nos Estúdios Globo com os principais líderes na áres de entretenimento para uma conversa "franca e aberta sobre o tema".

A Globo manteve posicionamento semelhante no caso do cantor Victor Chaves, da dupla Victor & Léo, técnico do The Voice Kids, que foi acusado de agredir sua esposa. O cantor foi indiciado pela Polícia de Minas Gerais nesta terça-feira (4), segundo o G1.

Mayer interpretaria o personagem Sampaio e faria par com Lilia Cabral, repetindo parceria de Fina Estampa (2011).

A denúncia de assédio

GLOBO/ESTEVAM AVELLAR

A denúncia que ganhou rosto e corpo havia sido feita no ínicio de março, de forma anônima, à coluna de Leo Dias, no site iG. Na época, a TV Globo havia emitido uma nota de esclarecimento:

"As relações entre funcionários e colaboradores da Globo se dão em um ambiente de harmonia e colaboração, de acordo com o Código de Ética e Conduta do Grupo Globo. O desrespeito no ambiente de trabalho não é tolerado pela emissora. A Globo não comenta assuntos internos".

No relato mais recente, Tonani veio a público dar detalhes da violência que diz ter sofrido:

"Sim, ele colocou a mão na minha buceta e ainda disse que esse era seu desejo antigo", escreveu.

Segundo a figurinista, o ator passou a elogiá-la em encontros profissionais. As "brincadeiras" invasivas começaram há oito meses, quando Mayer era o protagonista da novela em que ela trabalhava como figurinista assistente.

Frases como "você é muito bonita" e "como você se veste bem" foram evoluindo para "como sua cintura é fina", "fico olhando a sua bundinha e imaginando seu peitinho" ou "você nunca vai dar para mim?", compartilha a profissional.

O ator José Mayer se manifestou sobre a denúncia de assédio feita pela figurinista.

Mayer negou à Folha que tenha assediado sexualmente a colega de emissora.

Ele diz que sempre respeitou as mulheres e seus colegas de trabalho e atribuiu o comportamento denunciado por Tonani a Tião Bezerra, personagem machista que interpretou na novela A Lei do Amor.

"Respeito muito as mulheres, meus companheiros e o meu ambiente de trabalho e peço a todos que não misturem ficção com realidade. As palavras e atitudes que me atribuíram são próprias do machismo e da misoginia do personagem Tião Bezerra... Não são minhas! Nesses 49 anos trabalhando como ator sempre busquei e encontrei respeito e confiança em todos que trabalham comigo."

Após o protesto, a hashtag #MexeuComUmaMexeuComTodas chegou aos Trending Toppics do Twitter.

LEIA MAIS:

- 'As palavras e atitudes são de Tião, minha personagem'

- De 'como você é bonita' a 'quando você vai dar para mim': Figurinista denuncia assédio de Zé Mayer

Opiniões chocantes sobre estupro