MULHERES

Esposa de senador registra boletim de ocorrência por agressão

Lasier Martins (PSD-RS) nega acusação e diz que casal está se separando.

30/03/2017 12:44 -03 | Atualizado 30/03/2017 12:49 -03
Montagem / Divulgação
A jornalista Janice Santos, esposa do senador Lasier Martins (PSD-RS), prestou queixa contra o marido por agressão.

A jornalista Janice Santos, 38 anos, esposa do senador Lasier Martins (PSD-RS), 74 anos, acusa o marido de agressão. Ela prestou queixa na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), na 204 Sul, em Brasília (DF), de acordo com o jornal Correio Braziliense.

No depoimento prestado à Polícia Civil, por volta das 10h de terça, Janice acusa o parlamentar de lesão corporal e injúria. Ela afirma que sofreu chutes nas pernas e que segurava um porta-joias no momento da briga e teve a mão pressionada contra o acessório, o que também deixou lesões aparentes.

De acordo com o relato, a jornalista já havia sofrido agressões outras vezes, mas não tinha avisado a polícia. Ela classificou Lasier como um homem "violento e agressivo".

"Dizia que eu era burra, que não entendia nada de política, apenas de moda", além de chamá-la de "chantagista e paranoica", segundo relato dado na delegacia. Em outra briga, logo após ela ter passado por um processo cirúrgico na barriga, ele teria chutado a região recentemente operada, de acordo com o Correio.

Os dois estão casados há cinco anos e passam por um processo de separação. Segundo relatos do senador, o casal se conheceu em Passo Fundo (RS), em 2012, quando ele era jornalista e esteve na cidade para mediar debates eleitorais. Janice era a âncora de um telejornal local.

Ao Correio, Lasier nega as acusações e afirma que "reagiu para se defender", pois, segundo ele, Janice teria tentado agredi-lo com um objeto de metal. Ele diz ainda que a esposa se feriu para forjar a situação.

"Ela partiu para cima de mim e eu apenas reagi para me defender, sem agredi-la. Ela mesmo se cortou e passou sangue em mim. Ela é louca. Está me chantageando por conta do divórcio. Não tenho dúvida de que a polícia vai apurar o caso e concluir que não fiz absolutamente nada", afirmou ao jornal.

Antes de entrar para a política, o senador ficou conhecido por um vídeo no qual sofre um choque elétrico durante transmissão ao vivo da Festa da Uva, em Caxias do Sul, na Serra Gaúcha, em 1996.

Países que mais tratam homens e mulheres como iguais