LGBT

Mulher coloca 10.000 luzes nas cores do arco-íris para desafiar vizinho homofóbico

Um exemplo reluzente de como o amor supera o ódio. 💖

27/03/2017 18:23 -03 | Atualizado 27/03/2017 18:28 -03
Reprodução
A decoração de Natal de Lexi Magnusson

Mais apoio para a comunidade LGBTQ veio à luz.

Lexi Magnusson, 34, instalou em seu jardim 10.000 luzes de Natal com as cores do arco-íris, depois que seu vizinho expressou abertamente opiniões homofóbicas. Magnusson tirou uma foto de sua linda decoração e a postou no fórum Reddit.

"Nossos novos vizinhos são intolerantes. Como uma agressão comum pode acabar na delegacia, decidi ser passivamente agressiva. 10 000 luzes depois", disse ela na legenda da foto no Reddit.

Magnusson, que vive perto de Seattle, disse ao The Huffington Post que tudo começou quando um novo vizinho a visitou.

"Ela é mórmon e ouviu falar que nós também éramos. Meu palpite é que ela pensou que ainda fôssemos religiosos, mesmo meu marido tendo dito a ela que não vamos mais aos cultos", disse Magnusson ao HuffPost. "Imagino que ela tenha achado que ainda temos a mesma opinião da igreja sobre as questões LGBTQ. Mas não é o caso, absolutamente. É por isso que eu saí da igreja mórmon."

A vizinha disse a Magnusson que mudou sua família para Washington para "proteger seus filhos". Aparentemente, seu filho estava em uma escola que permitia que as lésbicas fossem de casal ao baile de formatura e realizava assembléias de alunos em que se falava abertamente sobre a aceitação dos transgêneros.

"Ela disse que queria afastar seus filhos desse tipo de influência e que as pessoas que consideram OK esse 'estilo de vida'", explicou Magnusson.

Magnusson ficou indignada, mas tentou manter-se calma.

"Respondi apenas: 'Seus filhos serão expostos a isso não importa aonde você levá-los. Crianças hoje em dia entendem. Elas sabem não ser horríveis com as outras crianças só com base em como elas nasceram", disse ela. "Então entrei [em casa] e comi um pacote de salgadinhos de tanta raiva."

Em seguida veio a eleição presidencial, e Magnusson percebeu quantas outras pessoas compartilhavam as opiniões da sua vizinha.

Magnusson adora colocar o que descreve como uma "quantidade ridícula de luzes" de Natal no jardim e decidiu que seria catártico fazer uma bandeira do arco-íris de 10 000 luzes.

"Foi ótimo colocá-las", disse ela disse ao HuffPost. "Enviei uma mensagem para meu primo que também ama luzes e também é gay. A aprovação dele foi tudo."

Magnusson também disse que não terminou de colocar suas luzes de Natal para o ano. Ela planeja também colocá-las no telhado, mas agora brancas.

"Queria destacar o arco-íris para que não houvesse dúvidas do que se tratava."

Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- Esta é a sensação de ser alvo de homofobia

- Uma morte LGBT acontece a cada 28 horas motivada por homofobia

10 momentos históricos da luta LGBT

ETC: Lgbt