ENTRETENIMENTO

A 'gafe' com 'Moonlight' não foi o único momento constrangedor do Oscar 2017

Teve homenageada viva, 'pira olímpíca' e otras cositas más.

27/02/2017 20:13 -03 | Atualizado 28/02/2017 14:01 -03
Montagem/Getty/Twitter/Facebook
Os minutos finais da cerimônia podem ter sido os mais constrangedores, mas não foram os únicos do Oscar 2017.

Talvez você já saiba, mas vale recapitular.

A cerimônia de entrega do Oscar, que ocorreu neste domingo (26), em Los Angeles, Califórnia terminou com um erro de proporções históricas.

Ao entregar o prêmio de Melhor Filme, os atores Warren Beatty e Faye Dunaway chamaram ao palco a equipe de La La Land. Porém, o longa vencedor era Moonlight.

Causada por uma troca de envelopes, a gafe inédita gerou uma enorme confusão no palco e constrangimento entre atores, produtores e repórteres. No vídeo abaixo, você acompanha o momento constrangedor.

Os minutos finais da cerimônia podem ter sido os mais constrangedores, mas não foram os únicos do Oscar 2017. Pelo menos outros três momentos da premiação deixaram o público do teatro ou de casa um tanto quanto envergonhado. Veja abaixo:

Brie x Casey

Christopher Polk via Getty Images

O ator Casey Affleck ganhou a estatueta de Melhor Ator por seu papel em Manchester à Beira Mar.

Quem entregou o prêmio para ele foi a atriz Brie Larson que, no ano passado, ganhou o Oscar de Melhor Atriz pelo filme O Quarto de Jack – que conta a história de mãe sobrevivente de violência sexual e psicológica.

A decisão de dar o Oscar a Affleck foi considerada controversa já que ele é acusado de abusar sexualmente de duas mulheres em 2010. As denúncias vieram á tona no ano passado.

Brie Larson, que se tornou ativista pelos direitos das mulheres, não aplaudiu o ator quando ele subiu ao palco para receber o prêmio.

Sol ou Pira Olímpica?

Os brasileiros não esperavam ver a Pira Olímpíca, da Rio-2016, no palco do Dolby Theatre. Aliás, não se sabe o objeto visto se trata da mesma escultura vista nos jogos olímpicos.

Explica-se.

Durante a apresentação da música tema da animação Moana - interpretada por Lin Manuel Miranda e Auli'i - o sol no palco da cerimônia chamou a atenção pela semelhança com um dos principais símbolos da Olimpíada do Rio de Janeiro.

Será que a escultura cinética do artista americano Anthony Howe teria sido roubada? Emprestada? Vendida? Sequestrada? Isso niguém sabe, fato é que a aparição inesperada do objeto deixou muitos brasileiros constrangidos nas rede sociais.

Homenageada viva

Durante o tradicional momento de tributo aos profissionais do showbiz que morreram no ano anterior à premiação, a Academia prestou tributo a Janet Patterson, figurinista e produtora.

Entre outros filmes, Patterson trabalhou em O Piano e Peter Pan, e chegou a ser indicada ao Oscar quatro vezes. No entanto, a foto que foi usada na ocasião era, na verdade, de Jan Chapman, produtora de cinema australiana que está VIVA.

Reprodução/Twitter

Em um e-mail enviado à revista Variety, que alertou o erro, Chapman escreveu:

Fiquei devastada pelo uso de minha imagem no lugar de minha grande amiga e colaboradora de longa data, Janet Patterson. Estou viva, bem e sou uma produtora ativa.

Chapman trabalhou com Patterson em diversos filmes, incluindo Brilho de Uma Paixão e O Piano.

As estrelas do red carpet do Oscar 2017