ENTRETENIMENTO

O protesto silencioso do diretor iraniano Asghar Farhadi no Oscar é um recado para Trump

"Minha ausência é por respeito ao povo do meu país e aos das outras seis nações que foram desrespeitados pela lei desumana dos EUA."

27/02/2017 15:06 -03 | Atualizado 28/02/2017 13:55 -03
Jean-Paul Pelissier / Reuters

O diretor iraniano Asghar Farhadi ganhou seu segundo Oscar na noite do último domingo (26) na categoria de melhor filme estrangeiro. Mas ele não subiu ao palco para aceitar a premiação.

Farhadi resolveu boicotar a cerimônia em protesto a ordem anti-imigratória do presidente Donald Trump. A lei impediu a entrada de milhares de pessoas dos países de maioria muçulmana nos Estados Unidos.

Quando os apresentadores do 89º Oscar Charlize Theron e Shirley MacLaine anunciaram a vitória de O Apartamento (The Salesman, no original) quem recebeu a estatueta foi Anousheh Ansari, engenheira reconhecida por ser a primeira iraniana a ir em uma missão para o espaço.

Lucas Jackson / Reuters

Ansari agradeceu a premiação em nome do diretor e leu um discurso poderoso escrito por ele.

"É uma grande honra receber este prêmio valioso pela segunda vez. Gostaria de agradecer aos membros da Academia, à minha equipe no Irã, ao meu produtor Alexandre Mallet-Guy, à Cohen Media, à Amazon e aos meus colegas indicados na categoria de filmes estrangeiros. Me desculpem por não estar com vocês esta noite. Minha ausência é por respeito ao povo do meu país e aos das outras seis nações que foram desrespeitados pela lei desumana que proíbe a entrada de imigrantes nos EUA. Dividir o mundo nas categorias de nós e de nossos inimigos cria medo. Uma justificativa enganosa para a agressão e a guerra. Essas guerras impedem a democracia e os direitos humanos em países que foram vítimas de agressões. Cineastas podem transformar suas câmeras para capturar as qualidades humanas compartilhadas e quebrar estereótipos de várias nacionalidades e religiões. Eles criam empatia entre nós e os outros. Uma empatia que precisamos hoje mais do que nunca."