POLÍTICA

João Doria comanda bloco de limpeza do Carnaval de rua de São Paulo

Ele recebeu apoio de garis e foliões da Vila Madalena e foi saudado como "presidente" por fãs.

20/02/2017 08:59 -03 | Atualizado 20/02/2017 09:14 -03
Reprodução/Facebook
Prefeito se junta aos garis da capital paulista para varrição.

Em mais uma ação pomposa, típica de peças de marketing, o prefeito de São Paulo voltou a varrer as ruas de São Paulo na noite deste domingo (19).

Foi acolhido por dezenas de garis responsáveis pelo serviço em Pinheiros, zona oeste da capital paulista, e também pelos foliões da Vila Madalena.

"Doria presidente", repetiam seu apoiadores mais ardorosos, exaltando "o que esse cara está fazendo por São Paulo".

Apesar de manifestar expressamente que não quer concorrer a nenhum cargo eletivo em 2018, João Doria já começou a ser mencionado em pesquisas presidenciais. Ao menos é o que registrou o Instituto Paraná Pesquisas, segundo o qual ele está em quinto lugar e tem 9,1% das intenções de voto para presidente.

Está à frente de nomes como o ex-ministro Ciro Gomes e o próprio presidente da República, Michel Temer.

No domingo, Doria explicou por que estava comandando o "bloco da limpeza" do Carnaval de rua, da Faria Lima até o Largo da Batata.

"Não fomos bem ontem, mas hoje mudou. Vim aqui para corrigir o que falhamos ontem. Para fazer melhor hoje", disse, em referência à enorme quantidade de lixo espalhada na zona oeste no sábado (18) no pré-Carnaval.

O prefeito chegou de viagem a Dubai na noite de sábado. Ele passou dez dias nos Emirados Árabes Unidos para "vender" um programa de privatizações e concessões a empresários locais.

A varrição e recolhimento de lixo durou mais de uma hora. Doria só interrompia o trabalho para tirar selfie com paulistanos.