ENTRETENIMENTO

Adele quebrou o principal troféu do Grammy para dividir com Beyoncé

Grande vencedora da noite, britânica superou Queen Bey nas principais categorias.

13/02/2017 11:08 -02 | Atualizado 13/02/2017 15:07 -02
Lucy Nicholson / Reuters
Adele emocionou Beyoncé em seu discurso na 59ª edição do Grammy.

Adele foi a principal vencedora da 59ª edição do Grammy, que ocorreu na noite deste domingo (12), no Staples Center, em Los Angeles.

Aos 28 anos, a cantora britânica levou para casas 5 prêmios: Álbum do Ano, Gravação do Ano (25), Música do Ano (Hello), Melhor Performance Pop Solo (Hello) e Melhor Álbum Vocal Pop (25).

Os concorrentes dela na principal categoria da noite, Álbum do Ano, eram Beyoncé (Lemonade), Justin Bieber (Purpose), Drake (Views) e Sturgill Simpson (A Sailor's Guide to Earth).

Assim que subiu ao palco para pegar o prêmio, fez questão de dedicá-lo à mamãe de Blue Ivy que, segundo ela, era a grande merecedora do troféu:

"Eu não posso aceitar esse prêmio. O álbum 'Lemonade' foi tão monumental, Beyoncé. Foi tão bem pensado e lindo e honesto. Nós somos gratos por isso. Todos nós artistas aqui te amamos. Você é a nossa luz. O jeito que você faz eu e meus amigos se sentir. O jeito que você faz os meus amigos negros se sentirem é tão empoderador. Eu te amo. Sempre te amei e sempre vou te amar."

Da plateia, em sua primeira aparição grávida de gêmeos, Beyoncé se emocionou com as palavras da colega britânica. Assista no player abaixo:

Após o discurso, ainda não se sabe se por acidente ou piada, Adele quebrou o gramofone - dedicando metade dele à Queen Bey.

Lucy Nicholson / Reuters
Adele parte prêmio ao meio em homenagem à Beyoncé.

O gesto da cantora arrebatou o coração dos fãs nas redes sociais.

Veja as reações no Twitter:

Mas a noite de Adele não foi só de prêmios e gestos de generosidade. Pelo segundo ano consecutivo, ela teve problemas durante apresentação no Grammy.

Desta vez, ela pediu para começar novamente a canção Fast Love, no show em homenagem a George Michael. Em 2016, ela desafinou durante sua performance na música All I Ask.

Muito emocionada no início da apresentação, Adele cantou fora do tom e decidiu interromper tudo, pedindo parara recomeçar a música. Nesse meio tempo, acabou soltando um palavrão.

"Sinto muito por começar de novo. Podemos começar de novo? Desculpe, não posso f... tudo por ele", disse no palco do Staples Center. A segunda tentativa, concluída com sucesso, foi ovacionada pela plateia.

Veja abaixo:

Na sequência, ao ser premiada pela Música do Ano, com Hello, Adele se desculpou pelo palavrão: "Em primeiro lugar, eu realmente peço desculpas por falar palavrão. George Michael, eu amo ele. Ele significa muito para mim, então eu me desculpo mesmo se ofendi alguém".

Prêmio quebrado

De acordo com apuração da revista Vanity Fair, o troféu quebrado de Adele tem mais chances de ter sido um acidente do que um ato de generosidade - como o episódio foi apontado nas redes sociais.

As fotos que circularam na internet mostram Adele dedicando um pedaço do gramofone à Beyoncé. Mas, após a cerimônia, foram divulgadas imagens de bastidores em que a britânica aparece entregando seu troféu partido a fim de pegar um novo.

Talvez a prova final de que o troféu foi quebrado por acidente (e dedicado à Beyoncé de improviso) esteja nas fotos das duas cantoras durante a coletiva de imprensa após o Grammy.

Na imagem abaixo, Adele segura seus 5 troféus novinhos em folha.

Uma foto publicada por BBC News (@bbcnews) em

E nesta foto, Beyoncé segura os dois troféus recebidos na noite: Melhor Álbum Urbano e Melhor Videoclipe, por Formation.

Melhores momentos do Grammy 2017