NOTÍCIAS

Lula: 'Marisa morreu triste por causa da imbecilidade dos facínoras'

Ex-presidente fez referência a Lava Jato em discurso de despedida de Marisa Letícia.

04/02/2017 15:53 -02 | Atualizado 04/02/2017 16:03 -02
Nacho Doce / Reuters
O ex-presidente Lula no velório de Marisa Letícia

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) encerrou a cerimônia de velório de Marisa Letícia com um discurso forte em que faz referência as ações penais da Operação Lava Jato.

Segundo ele, a mulher com quem foi casado durante mais de 4 décadas morreu "triste".

"Marisa morreu triste porque a canalhice, a leviandade e a maldade que fizeram com ela. Quero provar que os facínoras que levantaram leviandades contra ela tenham um dia a humildade de pedir desculpas", disse Lula, de acordo com o UOL.

E continuou: "Esse homem que está enterrando sua mulher hoje não tem medo de ser preso. Descanse em paz, Marisa. O seu Lulinha Paz e Amor vai ficar aqui para brigar por você."

O discurso durou aproximadamente 20 minutos e o ex-presidente ainda fez duras críticas as reformas propostas pelo governo de Michel Temer (PMDB).

Lula e Marisa foram intimados a depor como investigados sobre o caso do tríplex do Condomínio Solaris, no Guarujá.

De acordo com informações da Folha, pessoas próximas a Marisa Letícia afirmaram que ela vivia em "agonia" depois da busca e apreensão realizada na residência do casal.

Momentos históricos da vida de Lula