ENTRETENIMENTO

Estas gêmeas adoráveis nasceram com cores de pele diferentes

30/01/2017 16:44 -02 | Atualizado 31/01/2017 18:21 -02

Ai que coisinhas mais fofas!

Provavelmente, esta será a sua reação ao conhecer as irmãzinhas Kalani e Jarani Dean, duas bebês estadunidenses que tem causado o maior burburinho – dentro e fora das redes sociais.

gemeas

O motivo? Elas são gêmeas birraciais.

Hoje com 9 meses, kalani apresenta pele branca e olhos claros como os da mãe, Whitney Meyer. Enquanto Jarani - tão linda quanto a irmã - tem pele negra e olhos castanhos como os do pai, Tomas Dean.

A explicação para esse fenômeno é puramente genética.

De acordo com o The Huffington Post, este é um caso de gêmeos dizigóticos, fraternos, também chamados de não-idênticos. Isso significa que elas foram formadas a partir de óvulos e espermatozoides diferentes, mas que se desenvolveram no mesmo período.

Esta separação permitiu que os bebês herdem suas próprias combinações individuais de genes da mãe e do pai.

Pesquisadores britânicos apontam que o caso de Meyer e seu companheiro é raro. Casais inter-raciais que esperam gêmeos, tem apenas 1 em 500 chances de seus filhos nascerem com cores de pele diferentes.

Quando o assunto á afeto, Meyer garante que a pele das gêmeos não é sinal de diferença. Pelo contrário, não passa de um detalhe estético.

gemeas2

Ao HuffPost, ela afirmou:

"Eu não sei o futuro reserva para elas mais a frente, mas todo mundo as ama. Você não pode simplesmente amar uma e não a outra.”

Além das gêmeas, Meyer é mãe de Talan, de 7 anos, fruto de outro relacionamento. Ela também foi mãe de Pravyn, que morreu aos 2 anos.

Segundo ela, o filho mais velho se diverte com os tons de pele diferentes da irmãs. "Ele ama o fato de suas irmãs serem parecidas tanto com ele quanto com seu irmão", disse Meyer ao HuffPost.

LEIA MAIS:

- Adorável bebê de dois meses, Junior tem o cabelo de um legítimo rock star (VÍDEO)

- Entre palpites e julgamentos, criar os filhos não tem se tornado uma missão mais fácil