NOTÍCIAS

Mulheres em acidente com Teori eram massoterapeuta e mãe

20/01/2017 12:13 -02
Montagem / Facebook / Agência Brasil

As duas mulheres que estavam no acidente em que morreu o ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki, foram identificadas como Maira Ilda, de 23 anos, e a mãe, Maria Ilda, de 55 anos.

Maira era massoterapeuta e prestava serviço ao empresário e amigo do ministro, Carlos Alberto Fernandes Filgueiras, que passava por tratamento no ciático, de acordo com a assessoria de Imprensa do Grupo Emiliano.

A mãe, Maria Ilda, era professora da rede infantil de ensino e veio de Juína (MT) visitar a filha, que morava em São Paulo. Carlos Alberto as convidou para um fim de semana em Paraty, informou a empresa.

"O Grupo Emiliano registra seus sentimentos e condolências para a família e amigos. E informa que está prestando apoio e informações aos familiares", disse o grupo em nota.

As equipes de resgate retiraram na madrugada desta sexta-feira (20) o corpo do ministro, do empresário Carlos Alberto Filgueiras e de uma mulher que também estava a bordo.

As buscas foram encerradas por volta das 2h e retomadas na manhã de hoje. Falta retirar os corpos do piloto Osmar Rodrigues e de outra mulher que viajava com o grupo.

A demora em revelar a identidade das mulheres foi um dos assuntos mais comentados no Twitter após o acidente.

LEIA TAMBÉM

- Investigados na Lava Jato vão sabatinar o próximo ministro do STF

- Com morte de Teori, escolha de relator da Lava Jato fica entre Temer e Cármem Lúcia

- Ministério Público Federal e Polícia Federal investigam morte de relator da Lava Jato