NOTÍCIAS

Cai avião em Paraty com ministro do STF responsável pela Lava Jato

19/01/2017 17:32 -02
Ueslei Marcelino / Reuters
Judge Teori Zavascki arrives to attend a session at the Supreme Court in Brasilia March 11, 2015. REUTERS/Ueslei Marcelino (BRAZIL - Tags: POLITICS CRIME LAW)

ATUALIZAÇÃO: Um dos filhos do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki, Francisco Zavascki, confirmou pelo Facebook que o pai estava no avião que caiu na tarde de hoje (19) em Paraty (RJ) e, posteriormente, também confirmou a sua morte. "Acabamos de receber a confirmação de que o pai faleceu, muito obrigado a todos pela força", escreveu.

Coordenador dos processos referentes à Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Teori Zavascki estava entre os passageiros de um avião que caiu em Paraty, no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (19).

Familiares confirmaram que ele estava a bordo em entrevista à Rádio Gaúcha e à agência de notícias BBC.

Francisco Zavascki também publicou a informação em seu perfil no Facebook:

print teori

Minutos depois, o filho do ministro confirmou também a morte do pai pela rede social:

print teori 2

A assessoria de imprensa do STF disse que o nome do magistrado estava na lista, mas ainda não confirmou ainda se ele embarcou.

Dos quatro passageiros, nenhum sobreviveu, de acordo com o corpo de bombeiros de Paraty.

Teori foi nomeado para o cargo em 2012, nomeado pela presidente Dilma Rousseff. Ele tinha 68 anos.

Antes foi ministro do Superior Tribunal de Justiça de 2003 a 2012, indicado por Fernando Henrique Cardoso e nomeado pelo então presidente Lula.

Causas do acidente

queda avião paraty

Segundo a Força Aérea Brasileira (FAB), a aeronave de matrícula PR-SOM, de modelo King Air C-90, caiu no mar entre São Paulo e Rio por volta de 14h. Quatro pessoas estavam a bordo da aeronave que partiu às 13h do Campo de Marte, da zona Norte de São Paulo.

O Corpo de Bombeiros informou que o alerta foi dado às 14h15 e mobilizou todas as equipes do Quartel de Paraty, com o apoio da Defesa Civil e do SAMU, por terra, para atendimento a possíveis vítimas.

O avião pertence à empresa Emiliano Empreendimentos e Participação Imobiliária, proprietária da rede de hotéis Emiliano. O avião está quase inteiramente submerso, com cerca de 80% de sua estrutura debaixo do mar.

De acordo com a Agência Brasil, a Anac informou que o avião da Emiliano Empreendimentos e Participações Hoteleiras apresentava certificados de inspeção em dia. Segundo a Anac, não havia nenhuma pendência em relação à aeronave.

Sucessão na Lava Jato

O ministro foi responsável pelo afastamento do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e vivia um momento decisivo na Lava Jato. Estava prestes a homologar a delação da Odebrecht.

Em depoimentos, delatores da empreiteira citaram o presidente Michel Temer 44 vezes, além de mais de 200 políticos.

De acordo com o artigo 38 do Capítulo VII do regimento interno do STF, no caso de morte de um magistrado, os processos são redistribuídos para o ministro nomeado para a vaga, quando o voto do relator não tiver sido proferido.

O novo ministro é indicado por Temer e nomeado após o aval do Congresso.

O regimento do STF, contudo, também permite que a presidente da Corte, no caso a ministra Cármen Lúcia, em caso excepcional, determine a redistribuição do processo para os ministros que já estão na casa após 30 dias da vacância do cargo.

*Esta nota será completada com novas informações.

A trajetória de Teori Zavascki

LEIA TAMBÉM

- Teori nega pedido de prisão de Cunha e manda processo das contas na Suíça para Moro

- Teori aponta provas que mostram relação de Lula com Esteves para silenciar Cerveró

- Teori nega recurso que anularia processo de impeachment de Dilma Rousseff