MUNDO
17/01/2017 19:39 -02

8 vezes em que Michelle Obama inspirou as mulheres do mundo

ASSOCIATED PRESS
First lady Michelle Obama speaks as she welcome community leaders from across the country to celebrate the successes and share best practices to continue the work of the Mayor's Challenge to End Veterans' Homelessness East Room of the White House complex in Washington, Monday, Nov. 14, 2016. (AP Photo/Manuel Balce Ceneta)

Como disse o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, a primeira-dama, Michelle Obama, assumiu um papel que não tinha pedido e o fez seu, com graça, garra, estilo e bom humor.

Mais que isso, nestes oito anos de Casa Branca, Michelle foi a personificação de vários incentivos para as mulheres. No dia do aniversário da primeira-dama dos Estados Unidos, separamos alguns dos melhores conselhos que ela deu.

Entre os mais legais estão os que foram dados por causa do programa da Casa Branca, que ela comanda, o Let girls learn (Deixem as garotas aprenderem). O Let girls learn incentiva mulheres a estudar para conquistar a estabilidade financeira, independência e saúde. Michelle é graduada em Direito pela Universidade Harvard e vê a educação como o principal instrumento de mudança de vida.

Michelle foi ainda mais incrível quando…

1. Encorajou as mulheres a terem foco

Ao falar em um seminário da revista Glamour, ela estimulou as meninas a estudar.

“Não existe nenhum garoto nesta idade que seja tão fofo ou interessante capaz de te fazer largar os estudos.”

Michelle disse ainda que, só está onde está, porque estudou. “Eu penso sobre onde estaria se não tivesse me dedicado na escola e tivesse a oportunidade de ter ido à universidade e à escola de direito. Eu não estaria onde estou. (…) Quero que vocês estejam famintas para se educar porque isso será a chave para o futuro de vocês.”

via GIPHY

2. Insistiu na educação como ponto-chave sobre o papel da mulher nas sociedades

"É, muitas vezes, durante a adolescência, que uma menina é exposta pela primeira vez aos valores e práticas culturais que definem o que significa ser uma mulher em sua sociedade. E é nesse momento que nós não conseguiremos nos engajar na educação feminina a não ser que estejamos dispostos a confrontar todos os aspectos complexos que mantêm tantas meninas longe da escola. Questões como o casamento precoce e forçado, a mutilação genital, crenças sobre a sexualidade feminina, seu papel na sociedade e as questões econômicas que fazem com que muitos pais não priorizem a educação de suas filhas", disse em dezembro de 2014.

3. Fez um apelo para que os preconceitos sexistas fossem derrubados

Em março do ano passado, no Centro Metropolitano de Design, na Argentina, Michelle Obama incentivou as mulheres a derrubarem preconceitos sexistas e a conquistarem espaço.

"Precisamos de mais líderes mulheres nas empresas e que criem suas próprias empresas. Líderes mulheres nos laboratórios fazendo novas descobertas que derrubem o mito de que a ciência e a matemática são coisas de homem".

4. Falou sobre seu corpo

Ainda na Argentina, ela contou que sentia que por ser garota, que a sua voz tinha menos importância do que a aparência e o corpo. Mais uma vez, ela ressaltou que teve gente que não acreditava na capacidade dela e admitiu que muitas vezes se questionou e se sentia triste, mas sabia que não podia fraquejar.

"Conforme fui ficando mais velha, encontrei homens que, na rua, só julgavam o meu corpo, como se eu fosse um objeto, uma propriedade - em vez de um ser humano com sentimentos. (...) Decidi, então, não ouvir as vozes que me menosprezavam. Decidi ouvir minha própria voz e as dos que acreditavam em mim. (…) Desejo o mesmo para vocês. Insisto para que tenham a melhor educação que puderem. Não deixem que as subestimem.”

5. Incentivou as mulheres a enfrentarem o abuso

Michelle Obama aproveitou o gancho de um áudio vazado no qual o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, para pedir às mulheres que enfrentem o abuso. Na gravação, Trump diz que se pode fazer qualquer com as mulheres quando se é famoso. E Michelle responde:

"Nós achávamos que tudo isso era passado, não achávamos? E tantas trabalharam por tantos anos para acabar com esse tipo de violência, abuso e desrespeito, mas aqui estamos em 2016 e estamos ouvindo exatamente as mesmas coisas todos os dias ao longo da campanha. Estamos nos afundando nisso. (...) Mas, New Hampshire, que fique claro: isso não é normal. Isso não é a política como sempre foi. Isso é uma desgraça. É intolerável. E não importa qual o seu partido - Democratas, Republicanos, Independentes - nenhuma mulher merece ser tratada assim. Nenhuma de nós merece esse tipo de abuso."

6. Deu a dica de mostrar gratidão

Em entrevista a Oprah, quando foi questionada sobre a adaptação das filhas à Casa Branca, ela respondeu que as meninas reclamavam sobre a presença dos seguranças. Mas encarou isso como problema “classe média sofre” e respondeu educadamente que “elas tem sorte de ter…

7. Falou sobre racismo

Em um discurso para estudantes na Jackson State University, Michelle fez um depoimento pessoal pedindo aos estudantes que lutem contra a discriminação racial.

"O ponto, caros formandos, não é se você vai se deparar com esse tipo de situação, mas sim como vai encará-la. (...) Levante sua cabeça e faça o que Barack Obama sempre fez, como ele mesmo diz, 'quando eles vão para baixo, eu vou para cima'. Essa foi a escolha que Barack e eu fizemos. Foi isso que nos manteve sãos durante os anos".

8. Ensinou como lida com os inimigos e fez um ode ao trabalho duro

Também em entrevista à Oprah, Michelle disse que o segredo é ignorar os haters, se dedicar e responder com sucesso.

"Você não tem de dizer nada aos inimigos. Você nem tem de reconhecer a existência deles. Apenas levante-se todas as manhãs e seja o melhor que puder ser. E isso tende a calá-los. (...) Deixe-me levantar todos os dias e trabalhar duro para fazer algo de valor e fazer bem e fazer algo consequencial e fazer algo que seja importante para mim. E então deixe que isso fale por si mesmo. E isso calaria os inimigos, porque eu teria um portfólio inteiro de coisas que me definem, porque tem a ver com o que fiz, não com o que você me chamou. Por isso, a melhor vingança é o sucesso... e o bom trabalho. Você não tem de dizer nada aos inimigos. Você nem tem de reconhecer a existência deles. Apenas levante-se todas as manhãs e seja o melhor que puder ser. E isso tende a calá-los."

E claro que ela também deixou um incentivo para os rapazes:

“Sejam melhores em tudo. (…) Sejam melhores pais. Meu Deus, apenas sendo melhores pais que amam suas filhas e dando um sólido exemplo do que significa ser um homem bom no mundo, mostrando a elas como [uma pessoa] se sente ao ser amada. Este é o maior presente que os homens em minha vida me deram".

Repetindo o presidente Obama: Feliz aniversário, Michelle!

LEIA TAMBÉM:

- O único momento em que Obama se emocionou ao se despedir da Presidência dos EUA

- Se depender de Barack e Michelle Obama, seu Natal vai ser bastante 'zoeiro'

- 'Cor da pele, riqueza... Nada disso importa': Michelle Obama deixa sua última mensagem