ENTRETENIMENTO

Nicole Kidman acredita que chegou a hora de todos os americanos apoiarem Trump

15/01/2017 12:22 -02 | Atualizado 15/01/2017 12:22 -02
Stefanie Keenan via Getty Images
LOS ANGELES, CA - JANUARY 14: Actress Nicole Kidman attends ELLE's Annual Women In Television Celebration 2017 at Chateau Marmont on January 14, 2017 in Los Angeles, California. (Photo by Stefanie Keenan/Getty Images for ELLE)

Quando o assunto é Donald Trump e o futuro dos EUA sob sua gestão, Nicole Kidman parece estar na contramão do que pensa grande parte da classe artística americana.

Em entrevista à BBC para divulgação de seu novo filme, Lion, a estrela declarou apoio ao presidente eleito e encorajou os americanos a fazer o mesmo.

"Agora que ele foi eleito, nós, como país, temos que apoiar quem quer que seja o presidente, porque é assim que um país cria a sua base."

A prosseguiu:

"Normalmente resisto em comentar sobre política, seja nos Estados Unidos ou na Austrália, onde nasci. Hoje posso dizer que estou comprometida com uma causa, que é a luta feminista."

Com histórico de câncer de mama e ovário na família, a atriz afirmou também que faz questão de participar de campanhas de arrecadação de fundos para a ONU Mulheres.

Parece que Kidman não vê contradição em enfatizar a luta feminista e apoiar um mandatário conhecido por apresentar um perfil abusivo com as mulheres.

As declarações de Kidman foram feitas na mesma semana em que Meryl Streep foi aplaudida no Globo de Ouro após fazer duras críticas ao novo presidente norte-americano.

Nessa mesma semana, diversas estrelas de Hollywood transformaram I Will Survive, de Gloria Gaynor, em um hino de resistência ao republicano no poder.

LEIA MAIS:

- Donald Trump retruca Meryl Streep no Globo de Ouro: 'Atriz super-estimada'

- A carta de Robert De Niro para Meryl Streep e um posicionamento contra Trump