MULHERES

As lições de empoderamento e autoestima de Susana Vieira para a revista Caras

11/01/2017 13:16 -02 | Atualizado 11/01/2017 13:16 -02
Montagem/Instagram

Capa da revista Caras desta semana, a atriz Susana Vieira soltou o verbo sobre seu jeito singular, as perspectivas na carreira, autoestima e empoderamento. A entrevista foi concedida na Ilha de Caras, em Angra dos Reis (RJ).

A diva de 74 anos estará em cartaz em São Paulo com a peça Uma Shirley Qualquer, a partir desta sexta-feira (13).

A seguir, alguns dos assuntos tratados em Caras e o bom humor de Susanita:

Sinceridade

"No Brasil, franqueza é um defeito. Mas, para mim, é qualidade. Não posso ligar para quem não entende isso... Quem eu seria?"

Bom humor

"As pessoas falam disso. Mas isso não é mágica e não uso drogas. O astral é a predisposição que tenho de não ficar com nada entalado. É óbvio que há milhões de coisas dentro de mim que nem sei. Mas, no dia a dia, não tenho segredos. Não devo nada a ninguém."

Beleza

"Nunca vivi da minha beleza. Sempre me achei até meio feia comparada ao elenco da Globo. Fui melhorando isso dentro de mim porque fico ouvindo o tempo inteiro que sou linda. Então, caramba, ou estou louca ou as pessoas estão loucas... Acho que é do meu vigor que elas gostam."

Idade "certa" para namoro e uso de biquíni

"Não sei qual a idade que a pessoa deve parar de namorar. Mas percebo quando um homem não ama ou quando deixo de ter tesão por alguém. Encaro outras questões do mesmo jeito. Quando falam, por exemplo, que a partir de certa idade não se usa mais minissaia ou biquíni. Quem disse que só é para usá-los com o corpo perfeito e aos 25 anos?"

A entrevista completa está na edição de Caras desta semana nas bancas.

Susana Vieira como Sua Majestade

LEIA MAIS:

- Ao 73, Susana Vieira arrasa no Caribe e prova que não existe idade para usar biquíni

- Susana Vieira elogia 'civilidade' de Curitiba e diz que Norte e Nordeste não sabem da Lava Jato