NOTÍCIAS

Após ser esfaqueado, bispo Valdemiro pede R$ 8 milhões aos fiéis

11/01/2017 02:26 -02 | Atualizado 11/01/2017 02:26 -02

O pastor Valdemiro Santiago retornou nesta terça-feira (10) à Igreja Mundial do Poder de Deus, dois dias depois de ser esfaqueado no altar por um rapaz de 20 anos. Ele afirmou ter contrariado os médicos e a família e disse contar com os fiéis para ajudar seu canal de TV, que, segundo ele, custa 8 milhões de reais ao mês. “Eu preciso da ajuda de vocês para pagar este canal, esta obra.”

“Deus me deu vocês, não como propriedade, mas como filhinhos, irmãos. Quero ser pai de vocês. Ajudem essa obra. Deus vai lhes dar muito para ajudar”, disse ele.

O pastor lembrou do ataque sofrido no último domingo e, ao chamar um fiel ao altar, brincou com a situação vivida. “Eu não vou nem revistar você. Mas não aperta que eu estou todo costurado”, disse, arrancando risos dos presentes.

Depois do abraço, ele prosseguiu. “Quanto é que vale isso? Isso aí vale uma ‘facãozada’, duas, três, mil. Vale o sangue. Vale a dor. Eu confesso a você que eu vim contra a vontade do médico, da bispa. Eu não posso ficar muito tempo de pé, porque o meu lado esquerdo ainda está um pouco prejudicado. No dia perdi um pouco do movimento, mas já voltou tudo. Quando meus braços se moverem eu vou abraçar. O médico deve estar lá mandando vir camisa de força, tropa de choque me resgatar…”, disse.

Ele afirmou que o homem que tentou matá-lo será curado do ódio. “Se eu me prostrasse ante as dificuldades, eu estaria morto há muito tempo. Você não sabe nem 1% das coisas que eu passo na vida.”

LEIA TAMBÉM:

- Gráfica de pastor da Igreja Mundial consumia água de 25 casas em SP

- O que Gilmar Mendes foi fazer em Portugal com Michel Temer?

- Diretores de presídio em Manaus recebiam dinheiro pra deixar entrar armas, drogas e celulares