NOTÍCIAS

Tati Quebra Barraco: 'Quando falo da execução do meu filho, falo dos policiais corruptos'

10/01/2017 12:53 -02
Reprodução/Instagram

A funkeira Tati Quebra Barraco desabafou mais uma vez nas redes sociais nesta terça-feira (10) sobre a morte de seu filho, Yuri Lourenço, logo depois de registrar queixa sobre as ofensas que vem recebendo pela internet.

A cantora denunciou na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática do Rio de Janeiro as mensagens hostis e os comentários de ódio contra o filho de 19 anos e contra ela.

"Justiça sendo feita", escreveu no Facebook. "Sensação de dever cumprido. Vai doer no bolso de muitos e quem não tem pra pagar, que chore."

Lourenço foi baleado na Cidade de Deus, zona oeste do Rio, durante uma operação da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) na madrugada de 11 de dezembro.

A funkeira não acredita que tenha ocorrido uma troca de tiros, conforme versão da polícia:

As pessoas precisam entender que existem policiais corruptos e honestos. Quando falo da execução do meu filho, falo dos policiais corruptos.

De acordo com a UPP da comunidade, um grupo de policiais que realizava um patrulhamento de rotina foi surpreendido por criminosos armados na Rua Quintanilha.

A UPP informou que houve confronto e dois suspeitos, que seriam traficantes de droga, foram baleados.

Além de Lourenço, outro rapaz foi morto: Jean Rodrigues de Jesus, de 22 anos.

No entanto, a família de Tati acusa a polícia de "atirar para matar".

"Vou lutar pelos meus direitos, sim. De cidadã, mãe e pai de família", encerra Tati Quebra Barraco.

LEIA MAIS:

- Luto e revolta: Tati Quebra Barraco faz desabafo no Twitter sobre a morte do filho

- Nenhuma mãe merece enterrar um filho