COMPORTAMENTO

Este pai mostra seu dia a dia com as 4 filhas em divertidas imagens no Instagram

02/01/2017 17:21 -02 | Atualizado 02/01/2017 17:21 -02
reprodução/instagram/father_of_daughters

O londrino Simon Hooper tem uma vida bastante ocupada cuidando de suas quatro filhas, todas com menos de 10 anos.

Ele e a mulher, Clementine, têm uma menina de 9 anos, uma de 6 e gêmeas de 10 meses. Hooper documenta seu dia-a-dia em sua conta do Instagram, father_of_daughters.

Outra segunda-feira, outra corrida para o supermercado para evitar o armagedon, ou seja, ficar sem fraldas, baby wipes e crack de bebês (leite) para as viciadas. Basicamente moro nesse corredor do supermercado agora. Novos pais parecem gravitar para mim como um “pai experiente”; (o cara de aparência cansada tremendo num canto) e perguntam: “você sabe onde está tal produto, por favor?”

Minha resposta – “Claro, terceira prateleira, na metade do corredor, do lado esquerdo, compre três e ganhe um desconto, mas o ideal é combinar com blá blá blá”, acrescentou ele. Sou uma enciclopédia ambulante de produtos de bebê. Costumava usar meu cérebro para resolver problemas de empresas globais. Agora uso para calcular descontos se comprar em grandes quantidades.

Ele tem quase 150 000 seguidores com suas opiniões francas sobre a criação das filhas – das rotinas da hora de ir para a cama ao aparecimento dos dentes, passando pela loucura das festas de aniversário. Um de seus posts mais virais falava de uma ida ao supermercado.

“Basicamente moro nesse corredor do supermercado agora”, escreveu ele na legenda. “Novos pais parecem gravitar para mim como um ‘pai experiente’; (o cara de aparência cansada tremendo num canto) e perguntam: ‘você sabe onde está tal produto, por favor?’”

“Minha resposta – ‘Claro, terceira prateleira, na metade do corredor, do lado esquerdo, compre três e ganhe um desconto, mas o ideal é combinar com blá blá blá’”, acrescentou ele. “Sou uma enciclopédia ambulante de produtos de bebê. Costumava usar meu cérebro para resolver problemas de empresas globais. Agora uso para calcular descontos se comprar em grandes quantidades.”

Esse post recebeu quase 18 000 likes.

Os dentes estão crescendo à toda, e as meninas querem que a gente saiba de tudo. Um email teria sido suficiente, mas parece que elas preferem usar a voz para passar essa mensagem de que não estão curtindo essa fase do desenvolvimento. Não são gritos, é mais o som de um animal ferido que quer acabar com tudo. Mas não posso culpá-las, é como uma minicena de “Alien”, só que em câmera muito lenta (e é claro que os dentes não vão te matar e à tripulação da sua nave, então há algumas diferenças sutis, mas é essencialmente a mesma coisa).

Hooper, que é diretor de operações de uma consultoria empresarial americana, disse ao The Huffington Post que, como pai, ele também é “faz tudo, motorista de táxi, professor de natação, professor particular, chef, conselheiro, trepa-trepa humano, banco, assistente de compras e secretário”.

Sua mulher também documenta as aventuras de criar as filhas em sua conta, mother_of_daughters.

“Em geral, minha conta tem o objetivo de mostrar uma visão realista do que é ser pai, do ponto de vista do pai”, disse ele ao The Huffington Post. “As pessoas douram a pílula quando se trata de falar em ser pai, então quis mostrar como as coisas são na realidade, colocando também um pouco de humor.”

Hooper disse esperar que outros pais e mães se vejam nas fotos e saibam que não estão sozinhos. “Todo mundo lida comas mesmas questões nessa jornada da paternidade.”

Veja abaixo algumas das fotos de Hooper no Instagram.

Sou só eu ou todos os homens aprendem a viver numa faixa de 20 centímetros no canto da cama? A despeito do tamanho da cama, ou de quantas pessoas estão em cima dela, sempre me vejo relegado à “área dos homens”. Estou tão acostumado a dormir nesse espaço limitado que poderia dormir no alto de um muro sem cair. Do outro lado da cama (a terra prometida), @mother_of_daughters dorme como uma estrela do mar toda noite, dando joelhadas nas minhas costas e reclamando que eu venho muito tarde para a cama, estou gelado ou estou invadindo o espaço dela. Pelo menos a cama está quente, mesmo quando a recepção é fria! Espero que no próximo domingo, o #DiaNacionaldeDormir, não só vou ganhar uma hora a mais de sono, mas mais espaço – mas duvido! Se quiser recuperar aquela hora (e algum espaço da cama), clique no link da minha bio.


Alguém chama a polícia! Tirei essa foto de um cara sendo assaltado à plena luz do dia. As duas trombadinhas são conhecidas na área e aplicam seus golpes fingindo amar a vítima. Quando a vítima baixa a guarda, elas arranham a cara, puxam o cabelo e babam nelas, até ganhar leite ou bolachas.

As suspeitas são descritas como idênticas, a ponto de o pai não conseguir distinguir uma da outra. Elas têm cerca de 75 centímetros e altura, falam com sotaque estranho e são incrivelmente fofas. Outras vítimas dizem que elas têm cheiro de banheiro de brinquedotecas, mas isso ainda precisa ser confirmado.


Clemmie me deu uma missão simples para hoje – “arrumar a bolsa das meninas” (vamos passar a noite fora). Fiz um plano na minha cabeça (por que não levo nada a sério?!) Chamei-a – “bom, você disse para eu fazer a bolsa das meninas” – esperando uma risada.

Ela não achou graça. Aí sugeri fazer um buraco para botar as pernas das meninas, mas a @mother_of_daughters já não estava muito feliz de eu usar a bolsa dela da @kerikitbags, então refiz a bolsa, com o rabo entre as pernas. Um monte de fraldas, crack de bebês (leite em pó), brinquedos que elas vão ignorar e um monitor – e ainda sobrou espaço para metade da minha família!

Por que é que o banho sempre envolve enfiar o maior número de pessoas possível num dos espaços mais apertados da casa? Acho que as duas mais velhas gostam porque é uma experiência parecida com ir ao aquário. Elas observam essas duas criaturas rosadas e esquisitas brincando na água e se contorcendo nessas cadeirinhas, sempre chupando uma esponja. Clemmie e eu somos só os salva-vidas. Deveria cobrar entrada. Só cuidado com as fraldas sujas na porta e a água POR TODA A PARTE. Na verdade, melhor deixar para lá – o departamento de vigilância sanitária iria nos interditar.


Depois de fantasiar as gêmeas de pescadoras cor-de-rosa e conseguir navegar os vendedores de espadas brilhantes sem gastar nosso dinheiro, fizemos uma noite da fogueira com estilo.

E com isso quero dizer que lidamos com um piti épico, um jato de cocô no meu peito literalmente dois segundos depois dessa foto (e sem fraldas) e um pacote de batatinha que custou 8 libras e estava morno. Mas tudo valeu a pena na hora que vimos as caras das gêmeas quando começaram os fogos. Uma noite divertida no Crystal Palace.

A praga de se chamar Simon numa festa de aniversário – imediatamente tenho de brincar de “Simon diz”. É claro que pego leve no começo e vou filtrando quem não consegue acompanhar. Depois de separar o joio do trigo, fica só o pessoal hard core, que sabe o que está fazendo. Mas sempre mato todo mundo com a tradicional pose em uma perna só, um olho fechado e língua para fora. As crianças acham que estou levando tudo muito a sério, ficam entediadas e me deixam ali com cara de idiota. Posso estar levando longe demais essa história de ser pai competitivo – elas têm só seis anos, afinal de contas.


Ler para as crianças na cama pode ser um pé no saco, especialmente quando você tem coisas “importantes” de adulto para fazer, mas isso não é desculpa para não fazer vozes engraçadas para os personagens da história. Elas podem perder o interesse e achar que livros são chatos.

Elas podem não ler tanto assim quando crescerem, o que vai comprometer o desenvolvimento intelectual. Elas podem cabular aulas e se envolver com más companhias. Elas podem acabar num emprego sem perspectiva e beber demais. Elas podem ser expulsas do apartamento de um quarto que invadiram e acabar debaixo da ponte, cheirando canetas coloridas roubadas com um cara chamado zé louco que come pombas. Pelo amor das crianças, FAÇA AS VOZES!


As maravilhas da tecnologia moderna. Por que, oh por que eu dei um iPod touch para a minha mais velha? Sim, é ótimo para manter contato quando estou longe, mas a minha caixa de entrada está agora cheia de spam de emojis da minha filha entediada. (O emoji do cocô é um dos favoritos.) Hoje, numa reunião, a convenci de que, como estou 8 horas à frente dela (ou seja, no futuro), poderia mandar para ela os números de loteria e ela ganharia com certeza. Levou um tempo para ela descobrir que não era realmente o caso, mas eu ri! FYI Sim, eu pareço quebrado mas viajei durante 22 horas, então o que você espera?!


Essas duas estão no meu tornozelo o dia inteiro, literalmente. Ando por aí como se tivesse vidro quebrado no chão para evitar pisar nelas (ninguém quer ouvir aquele choro quando você acidentalmente pisa numa mãozinha que não deveria estar ali -- esse é o ponto quando você ganha o prêmio de pior pai do dia). Pelo menos elas limpam muito bem, eu deveria passar um produto de limpeza no chão e prender um pano na barriga delas. Poderia também fazê-las trabalhar desde cedo. FYI os azulejos são da Best Tile UK. Azulejos de cimento marroquino Encaustic.

Se tem uma coisa em que nós pais somos bons é servir de trepa-trepa humano. Estamos praticando nossa rotina para o Britain’s Got Talent, e o talento no caso é como muitos membros da família pode se pendurar em mim antes de eu sofrer uma hérnia de disco e desmoronar numa pilha patética, chorando como uma criança que ralou o joelho pela primeira vez. Agora só falta a @mother_of_daughters montar nas minhas costas e os gêmeos nos meus ombros, que e o prêmio é certamente meu. Venha nos ver na turnê do BGT do ano que vem.


Temos UM MONTE de brinquedos para as meninas. Alguns doados, alguns novos. Oferecemos brinquedos feitos à mão, produzidos eticamente, não-tóxicos, blocos de madeira orgânica feitos sob medida, com compensação das emissões de carbono, fabricados com amor na Noruega. Elas olham pra eles com cara de novo, acham que eles são lixo e os descartam. Então elas partem em uma busca frenética para encontrar chaves, minha carteira, meu telefone, qualquer coisa que pareça um controle remoto e embalagens plásticas.

Se não der certo, elas me incomodam até eu entregar o que elas querem. Muitas manhãs, você vai me encontrar correndo pela casa, amaldiçoando silenciosamente os bebês, que esconderam o meu dinheiro / cartão de débito e / ou as chaves. Acho que eu deveria me acostumar com isso, porque me disseram que as meninas adolescentes fazem a mesma coisa.


O que acontece se você misturar a Claire’s Accessories com quatro meninas, duas das quais tomaram uma coca, e o pai? 10 minutos experimentando roupas, seguidos por 20 minutos tentando sair da loja. São muitas, enquanto você pega uma a outra escapou para um canto – ouço as risadas, mas não a enxergo em meio à névoa cor-de-rosa e brilhante. Pelo menos achei a tiara que eu estava procurando. Estou lindo!

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- Humorista Ceará ensina filha Valentina a imitar Silvio Santos. E o resultado é fofo demais (VÍDEO)

- O toque dos pais transforma o cérebro do bebê, afirma pesquisa

- 17 tuítes que resumem a alegria de ser mãe ou pai