NOTÍCIAS
21/12/2016 09:56 -02

Cauã Reymond: 'Estamos indo para um lugar de pouco respeito às diferenças na política e na religião'

Raphael Castello/AgNews

A entrevista do ator Cauã Reymond à revista Marie Claire traz pela primeira vez opiniões dele sobre temas como a legalização do aborto, da eutanásia e das drogas.

Como potencial formador de opinião, ele prefere ficar em silêncio sobre o cenário político brasileiro. "Tenho a sensação de que o público não recebe bem nossas opiniões", revelou.

Ele disse, porém, que tem satisfação ao ver políticos, empresários e executivos do futebol presos, em referência à Operação Lava Jato e às prisões por corrupção na Fifa.

O galã, que é católico de batismo, admitiu estar em alerta com a intolerância religiosa e a polarização política no Brasil.

"Vamos lá, vou falar: tanto politicamente quanto religiosamente estamos indo para um lugar de pouco respeito às diferenças. Acho isso extremamente perigoso. Não entendo uma religião que não respeita outra."

Cauã também declarou que já fumou maconha e acredita na possibilidade de legalizar a erva, a exemplo do nosso vizinho Uruguai.

Sobre aborto e eutanásia, ele não é favorável à legalização geral. "Cada caso é um caso", defendeu.

LEIA MAIS:

- Cauã Reymond interpreta travesti em clipe da cantora Barbara Ohana

- Tente ver essa entrevista de Cauã à TV argentina e não sentir vergonha por ele