NOTÍCIAS

MC Carol escreveu uma mensagem poderosa em solidariedade à Tati Quebra Barraco

12/12/2016 11:21 -02 | Atualizado 12/12/2016 11:21 -02

MC Carol publicou em seu Facebook uma mensagem de solidariedade à também funkeira Tati Quebra Barraco, que teve o filho, Yuri Lourenço da Silva, de 19 anos, morto na madrugada deste domingo (11), na Cidade de Deus, zona oeste do Rio de Janeiro, durante uma operação da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora).

Na mensagem, Tati expressou enorme carinho pela cantora – com quem conviveu com maior proximidade em 2014, durante as gravações do reality Lucky Ladies. Além disso, denunciou que o que existe no Rio de Janeiro é uma “guerra entre a polícia e comunidade”. “O que aconteceu hoje é rotina pra quem mora na favela”, ressaltou.

No texto, MC Carol disse ainda que “não é apenas uma guerra entre a polícia e o tráfico [...] Se engana quem acha que eles entram lá para proteger quem mora na favela! Pra polícia, a lei é ‘é negro, favelado, então tava de pistola’”.

Leia a mensagem na íntegra:

No final de 2014, eu gravei o Lucky Ladies e ganhei uma mãe!

Tati Quebra Barraco já era mãe de 3 filhos: a mais velha inclusive com o mesmo nome, sobrenome e a mesma idade do que eu… Nessa madrugada, ao sair do meu show, fiquei sabendo que minha mãe de coração perdeu seu filho de sangue nessa guerra entre a polícia e a comunidade! Isso, você não leu errado: não é apenas uma guerra entre a policia e o trafico e sim da policia contra a comunidade porque se engana quem acha que eles entram lá para proteger quem mora na favela! Pra polícia, a lei é "é negro, favelado, então tava de pistola"...

O que aconteceu hoje é rotina pra quem mora na favela, mas o que doí mais é ver uma mulher tão guerreira e batalhadora, que lutou pra dar uma vida digna pros filhos e conseguiu através do funk, passar por esse sofrimento! Como se não bastasse as versões da mídia, ainda tem os babacas da internet que não respeitam a dor de uma família que perdeu um ente querido e precisa de PRIVACIDADE! Isso não tem nada a ver com a vida de vocês, então arrumem um serviço pra fazer!

Nesse momento, a única coisa que peço é RESPEITO a essa mãe, irmãs, tios, avós e amigos que estão sofrendo com essa perda! Tati, todo meu amor e carinho pra você nesse momento… Que Deus ilumine todos vocês! ❤

Além de Yuri, outro rapaz foi morto, Jean Rodrigues de Jesus, de 22 anos.

De acordo com UPP da comunidade, um grupo de policiais, que realizava um patrulhamento de rotina, foi surpreendido por criminosos armados na Rua Quintanilha. A UPP informou que houve confronto e dois suspeitos foram baleados.

Segundo depoimentos publicados pelo jornal O Globo, o rapaz chegou a ser socorrido e levado ao Hospital Lourenço Jorge, mas não resistiu aos ferimentos. Familiares do jovem acusam a polícia de ter "atirado para matar". A polícia, no entanto, descreve o incidente como um confronto entre homens responsáveis pelo patrulhamento da região e traficantes de drogas.

LEIA MAIS:

- MC Carol e Karol Conka estão juntas e a favor da independência da mulher no single '100% Feminista'

- MC Carol: 'Quero provar que ser gorda não é sinal de depressão ou limitação'