MULHERES

'Sou uma sobrevivente': No Parlamento, deputada britânica narra estupro sofrido aos 14 anos

09/12/2016 12:15 -02 | Atualizado 09/12/2016 12:15 -02

A deputada britânica Michelle Thomson levou seus colegas às lágrimas nesta quinta-feira (8), após narrar um estupro do qual foi vítima aos 14 anos.

"Eu não sou uma vítima, sou uma sobrevivente". Ela deu seu depoimento, segundo a BBC, em uma reunião focada na eliminação da violência contra a mulher. O episódio aconteceu há 37 anos, "minou fatalmente" a autoestima e o senso de confiança da política, segundo seu próprio relato.

O estupro foi cometido por um conhecido da vítima, que se ofereceu para levá-la até em casa após um evento de jovens. "Era cedo, não estava escuro e eu vestia, presumo, jeans e moletom".

"Eu não sabia o que era um estupro. Não era algo que era falado, minha mãe nunca falou disso comigo e eu nunca havia ouvido outras meninas e mulheres falando sobre o tema", relatou ela, dizendo ainda que o abuso foi "rápido" e que seu primeiro sentimento foi de surpresa, e depois de medo e horror - ela manteve o abuso em segredo durante muitos anos.

"Eu pensei cuidadosamente, se deveria falar sobre o tema hoje. E quando fiquei quase sem ar foi exatamente quando me motivei a falar. Ainda há um tabu sobre o compartilhamento desse tipo de informação".

Após o estupro, ela conta que se sentiu envergonhada e culpada e carregou consigo, durante muitos anos, sentimentos de "culpa, raiva, medo, tristeza e amargor". Apenas quando chegou perto dos 40 anos que ela conseguiu procurar ajuda.

Segundo a BBC, durante o mesmo debate, outra deputada - Tracy Brabin - contou que um homem tentou estuprá-la na universidade, quando ela tinha 20 anos.

De acordo com o Guardian, autoridades escocesas afirmaram que vão investigar o incidente. "Falar sobre abuso sexual é algo extremamente difícil, e os relatos frequentemente vem à tona anos após o incidente", disse uma porta-voz da Polícia da Escócia à publicação.

LEIA MAIS:

- Agora é lei! Buenos Aires sanciona multa para quem assediar mulheres na rua

- Violência contra a mulher é um dos motivos de pedido de refúgio

- 'Indesculpável' e 'Nojento': Hollywood reage à declaração de Bertolucci sobre cena de estupro