MULHERES

Conheça a 'Galeria da Vulva', uma coleção de ilustrações que celebram a vagina e sua diversidade

09/12/2016 18:37 -02 | Atualizado 09/12/2016 18:37 -02
Hilde Atalanta

“A única forma de mudar a forma [...] como os indivíduos lidam com seus corpos é educá-los, e também a outros, sobre a diversidade natural.”

Alerta: Este artigo tem ilustrações de vulvas que podem não ser adequadas para o ambiente de trabalho. Muitas, muitas lindas ilustrações de vulvas.

Para a ilustradora Hilde Atalanta, “todas as vulvas são incríveis e lindas exatamente como são.”

Atalanta sabe do que está falando — ela é a proprietária digital da “Vulva Gallery”, uma coleção de ilustrações que celebram a vulva em toda sua gloriosa diversidade. Ela também é a principal artista da galeria; todas as ilustrações expostas em um site sobre o tema e no Instagram são dela.

A missão da galeria é clara: “A única forma de mudar a forma [...] como os indivíduos lidam com seus corpos é educá-los, e também a outros, sobre a diversidade natural”, disse a artista em um comunicado ao The Huffington Post. Ela faz isso desenhando vários tipos de genitália feminina, repetidamente, com o máximo de detalhes, discutindo a variedade de vulvas nas legendas.

Ame sua vulva, porque todas as vulvas são lindas exatamente como são.

Devido a décadas de anúncios de moda que ditavam padrões de corpo e uma cultura pop dominada por modelos idealizadas, as mulheres nem sempre perceberam a beleza da diversidade. Além disso, um desejo de se encaixar em noções pré-concebidas de beleza não se aplica apenas à maneira como as mulheres escrutinam suas cinturas, lábios e seios. Algumas mulheres buscam perfeição também em suas vaginas.

“Na última década, houve um enorme aumento da labioplastia entre mulheres jovens”, explicou Atalanta. Labioplastia, explica, é uma cirurgia estética destinada a alterar parcialmente ou totalmente o tamanho da labia minora(os pequenos lábios ou dobras internas da vulva). “Na minha opinião, a labiaplastia por razões estéticas não é um bom sinal. Ninguém que tenha vulva deveria passar por isso, apenas porque quer que sua vulva se pareça com as que vê na Internet.”

Durante nossa entrevista, Atalanta usou o termo “vulva” em vez de “vagina”, corretamente observando que a vagina é apenas a parte interna dos genitais femininos. Embora nos inclinemos a concordar com Lindy West, para quem “a essa altura de nossa evolução linguística [a vagina] se tornou um termo geral para a área geral das senhoras”, Atalanta expõe um forte argumento para o uso da palavra “vulva”:

A vulva é constituída pela parte externa dos órgãos genitais femininos: o monte de Vênus, os grandes e pequenos lábios, o clitóris e o capuz clitoriano, o bulbo do vestíbulo, o vestíbulo vulvar, o meato urinário, as glândulas vestibulares maiores e menores, a abertura vaginal, a fenda pudenda, as glândulas sebáceas, o triângulo urogenital (parte anterior do períneo) e os pelos pubianos.

Acho que não devemos reduzir a vulva a apenas seu canal de nascimento, quando há muito mais do que isso!

instagram

A mídia nos dá muitas razões para não nos amarmos. Apontam que não somos ‘perfeitas’; que somos cheinhas, que não somos femininas o suficiente, que não devemos ter estrias, celulite, pelos no corpo. A menstruação é algo que devemos esconder e evitar comentar.

Acho que agora é hora de mudança. Acho que é hora de nos posicionarmos e levantarmos nossas vozes. Compartilhar experiências, mostrar que somos bonitas do jeito que somos. Com nossas lindas barrigas gordinhas, celulite, estrias — grossas e finas, pele escura e clara, corpos peludos ou lisinhos.

Não devemos buscar um tipo de corpo perfeito, mas aplaudir o fato de que há muita diversidade! É o que nos torna tão interessantes, o fato de que nenhum corpo é igual.

Nossas barrigas, traseiros, pernas, peitos; somos todas diferentes e únicas à nossa própria maneira. Vamos celebrar esta diversidade. Respeite o corpo dos outros e foque no que SOMOS e no que PODEMOS em vez dos pontos negativos. Ame a si mesma. E ame sua vulva, porque todas as vulvas são lindas exatamente como são.

A foto postada pela galeria Vulva (@ the.vulva.gallery ) sobre12 de novembro de 2016 em 1:11

Em última instância, Atalanta diz que é muito difícil ver o quão longe as pessoas vão para “alcançar a aparência ‘perfeita’”. Não porque ela não entenda o motivo pelo qual isso acontece. “Como muitas adolescentes em desenvolvimento, também me senti insegura em relação ao meu próprio corpo”, acrescentou.

Mas ela espera que a “Vulva Gallery” possa, de todas as mínimas maneiras, contribuir para a forma como as pessoas veem a ampla gama de diversidade corporal — especialmente, a diversidade da vulva, reiterando ao HuffPost: “Elas são perfeitas exatamente como são. Porque a diversidade é linda”.

instagram

Esta é uma vulva normal. Metade de todas as pessoas que têm vulva na Terra possui lábios internos maiores do que os lábios externos. São 1,75 bilhão de pessoas com lindas vulvas semelhantes a esta. Nunca permita que alguém diga que sua vulva parece ‘estranha’, porque você é normal como qualquer pessoa. Por favor, respeite os corpos dos outros e aprenda a ver beleza na diversidade. Porque a diversidade é exatamente o que torna as pessoas tão interessantes. Ame sua vulva, porque todas as vulvas são lindas exatamente como são.

A foto postada pela galeria Vulva (@ the.vulva.gallery ) sobre20 de novembro de 2016 em 12:38 am PS

instagram

O post desta manhã foi denunciado e removido, mas quero deixar claro que isto é ARTE e, portanto, segue as diretrizes da comunidade do Instagram. Por favor, não denuncie minha arte. Se você não gostar, simplesmente visite uma página diferente. Há muitas coisas maravilhosas no Instagram que vão se encaixar em seu interesse pessoal. Postando novamente: os pelos pubianos são fofos e incríveis! Se você quiser, apenas deixe-os crescer — não sinta pressão de raspá-los porque você ‘deve’, porque é mais ‘sexy’. Você é atraente e linda quando se sente confiante e confortável com seu corpo, e realmente não importa se você os raspou/aparou ou não! Seja gentil consigo mesma, seja paciente com seu corpo. E ame sua vulva, porque todas as vulvas são incríveis exatamente como são!

A foto postada pela galeria Vulva (@ the.vulva.gallery ) sobre18 de novembro de 2016 em 6:08 am PST

This is a normal vulva. Half of all vulva-owning individuals on earth have inner labia that are longer than their outer labia. That's 1.75 billion individuals with beautiful vulvas similar to this one. 🐱 Often, one of the inner labia is longer than the other one, because human beings aren't symmetrical. Never let anyone tell you that your vulva looks 'weird', because you're as normal as anyone else. Please respect each other's bodies, and learn to see the beauty in diversity. Because diversity is exactly what makes people so interesting. ✨ Love your vulva, because all vulvas are beautiful just the way they are 💛✨ #thevulvagallery #vulva #vulvas #freethepussy #pussypride #selflove #loveyourself #freethevulva #feminism #everydayfeminism #intersectionalfeminism #feminist #feminista #feministpride #feministart #feministartist #bodypositivity #bodypositive #bodypositivemovement #watercolorart #watercolor #watercolorpainting #watercolorillustration #illustration #labia #vulvaart #pubichair #pubichairdontcare #respecteachother #hildeatalanta

Uma foto publicada por The Vulva Gallery (@the.vulva.gallery) em

Esta é uma vulva normal. Metade de todas as pessoas que têm vulva na Terra possui lábios internos maiores do que os lábios externos. São 1,75 bilhão de pessoas com lindas vulvas semelhantes a esta. Nunca permita que alguém diga que sua vulva parece ‘estranha’, porque você é normal como qualquer pessoa. Por favor, respeite os corpos dos outros e aprenda a ver beleza na diversidade. Porque a diversidade é exatamente o que torna as pessoas tão interessantes. Ame sua vulva, porque todas as vulvas são lindas exatamente como são.

✨ This morning's post got reported and removed, but I want to make clear that this is ART, and it's therefore following Instagram's community guidelines. Please, do not report my artwork. If you don't like it, just visit a different page. There's a lot of wonderful stuff on Instagram that will suit your own personal interest. 💛✨• Repost: pubic hair is cute and awesome! If you want to, just let it grow - don't feel pressured to shave it because you 'should' because it's 'sexier'. You are attractive and beautiful when you feel confident and comfortable with your body, and it really doesn't matter whether you're shaved/trimmed or not! 😚 Be kind to yourself, be patient with your body. And love your vulva, because all vulvas are amazing just the way they are! 💛✨ #thevulvagallery #vulva #vulvas #pubichair #pubichairdontcare #pussypride #femaleempowerment #vulvaart #labiaart #feminism #everydayfeminism #intersectionalfeminism #feminist #feminista #loveyourself #feministart #feministartist #bodypositivity #bodypositive #bodypositivemovement #watercolorart #watercolor #watercolorpainting #watercolorillustration #illustration #labia #vaginaart #vagina #thehappyfeminist #hildeatalanta

Uma foto publicada por The Vulva Gallery (@the.vulva.gallery) em

O post desta manhã foi denunciado e removido, mas quero deixar claro que isto é ARTE e, portanto, segue as diretrizes da comunidade do Instagram. Por favor, não denuncie minha arte. Se você não gostar, simplesmente visite uma página diferente. Há muitas coisas maravilhosas no Instagram que vão se encaixar em seu interesse pessoal. Postando novamente: os pelos pubianos são fofos e incríveis! Se você quiser, apenas deixe-os crescer — não sinta pressão de raspá-los porque você ‘deve’, porque é mais ‘sexy’. Você é atraente e linda quando se sente confiante e confortável com seu corpo, e realmente não importa se você os raspou/aparou ou não! Seja gentil consigo mesma, seja paciente com seu corpo. E ame sua vulva, porque todas as vulvas são incríveis exatamente como são!

Ame sua vulva, porque todas as vulvas são lindas exatamente como são.

✨ Pubic hair & periods seem to be two things that we, vulva-owning individuals, need to hide and be ashamed of. Well, I have to kindly disagree. I personally think pubic hair is cute and gives your vulva character :) And if you want to let it grow, just do it! Whatever reason you have (for example a sensitive skin, personal taste or merely laziness) no one should tell you that you 'have to' shave yourself. Only do it when you feel like you want to! And regarding menstruation: it's natural and therefore nothing to be ashamed of. Be kind to yourself, be patient with your body. LOVE yourself. And love your vulva, because all vulvas are amazing just the way they are! 💛✨ #thevulvagallery #vulva #vulvas #period #periodpositive #pussypride #femaleempowerment #periodismo #menstruation #feminism #everydayfeminism #intersectionalfeminism #feminist #feminista #loveyourself #feministart #feministartist #bodypositivity #bodypositive #bodypositivemovement #watercolorart #watercolor #watercolorpainting #watercolorillustration #labia #vulvaart #pubichair #pubichairdontcare #thehappyfeminist #hildeatalanta

Uma foto publicada por The Vulva Gallery (@the.vulva.gallery) em

Pelos pubianos e menstruação parecem ser duas coisas que nós, que temos vulva, precisamos esconder e ter vergonha. Bem, tenho que gentilmente discordar. Pessoalmente, acho que o pelo pubiano é bonitinho e dá personalidade à sua vulva:) E, se você quiser deixá-lo crescer, vá em frente! Seja qual for sua razão (por exemplo, pele sensível, gosto pessoal ou simplesmente preguiça), ninguém deve dizer que você ‘tem’ que se depilar. Faça isso apenas quando sentir vontade! E em relação à menstruação: é natural e, portanto, não há nada do que se envergonhar. Seja gentil consigo mesma, seja paciente com seu corpo. AME a si mesma. E ame sua vulva, porque todas as vulvas são incríveis exatamente como são!

Independentemente se você menstrua ou já não menstrua mais — por exemplo, por causa da idade, problemas de saúde, medicação ou outro motivo —, de qualquer maneira, não se sinta envergonhada. Está tudo OK, você ainda é você, linda e única à sua própria maneira. Ame a si mesma e a seu corpo, exatamente como você é.

Celebre a diversidade! Existem muitas variações naturais na anatomia vulvar. Imagens de vulvas estão ausentes da mídia popular, dos anúncios e até mesmo dos livros de anatomia, portanto, limitando o acesso às informações sobre a variedade natural dos lábios.

Muitos indivíduos têm um conhecimento limitado da anatomia vulvar e apenas aprendem sobre anatomia quando, por exemplo, veem imagens na Internet ou pornografia. Mas temos muitas formas, tamanhos e cores diferentes. Toda vulva é perfeitamente normal e natural, exatamente como é.

Você não precisa se preocupar se sua vulva parece ‘estranha’ ou se seus pequenos lábios são ‘muito longos’ ou ‘muito flácidos’, porque sua vulva é incrível! Ame sua vulva, porque todas as vulvas são lindas exatamente como são.

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- 32 obras de arte famosas que provam a beleza dos pelos femininos (NSFW)

- A depilação e a arte da sedução

- Isto é o que os homens realmente pensam sobre os pelos pubianos das mulheres