NOTÍCIAS

Tim Roth revela ter sofrido abuso sexual do avô durante a infância: 'Maldito estuprador'

06/12/2016 11:21 -02 | Atualizado 06/12/2016 11:21 -02
Stephane Cardinale - Corbis via Getty Images
PARIS, FRANCE - MAY 24: Actor Tim Roth attends the 2016 French tennis Open day 3, at Roland Garros on May 24, 2016 in Paris, France. (Photo by Stephane Cardinale - Corbis/Corbis via Getty Images)

Um dos atores mais requisitados por Quentin Tarantino, Tim Roth revelou que tanto ele quanto seu pai sofreram abusos sexuais de seu avô quando eram crianças. Em recente entrevista ao jornal inglês The Guardian, o ator de 55 anos declarou:

“O meu pai foi uma alma muito machucada por conta da infância que teve. Ele foi abusado e eu fui abusado pela mesma pessoa, o pai dele. Um maldito estuprador.”

Segundo o ator, os episódios traumáticos serviram de inspiração para que realizasse o drama Zona de Conflito (1999), primeira e única experiência dele como diretor.

A trama conta a história de uma adolescente que precisa lidar com questões semelhantes às que Roth viveu durante a infância. O filme é estrelado por Ray Winstone, Tilda Swinton e Colin Farrell.

Assista ao trailer abaixo:

O astro explicou como a realização do filme o ajudou a lidar com os traumas:

“Você é um sobrevivente e precisa falar sobre esse assunto, encontrar uma voz. Eu fiz isso com ‘Zona de Conflito’. Foi como tive a oportunidade de contar a verdade. Foi a minha chance de exorcizar vários dos meus demônios.”

Nos últimos anos, Roth tornou público os abusos que sofreu durante a infância, mas ainda não se sabia a identidade do estuprador. Durante a entrevista, o ator contou ainda que abandonou Londres em definitivo em 1991. O motivo? O sensacionalismo dos jornais locais. Atualmente, ele não pretende voltar principalmente após o Brexit.

Roth já estrelou diversos longas de Tarantino, incluindo Pulp Fiction (1994), Cães de Aluguel (1992) e Os Oito Odiados (2016). Ao final da entrevista, ele ainda deixou clara sua rejeição ao presidente eleito nos EUA:

“Eu odeio o Trump e tudo que ele acredita.”

LEIA MAIS:

- Bernardo Bertolucci, diretor de 'Último Tango em Paris', diz que polêmica sobre cena de estupro é 'ridículo mal-entendido'

- Evan Rachel Wood revela ter sido estuprada e pede que mulheres denunciem