NOTÍCIAS

'Bem vindos a casa': A emoção de Galvão ao narrar o momento mais triste do esporte brasileiro

03/12/2016 10:25 -02 | Atualizado 03/12/2016 10:25 -02
Reprodução/TV Globo

Principal narrador de futebol da Rede Globo, Galvão Bueno parece estar vivendo o momento mais difícil de sua carreira. Desde cedo, Galvão está "narrando" o momento mais triste do esporte brasileiro: a chegada e despedida das vítimas do acidente que vitimou 71 pessoas, entre elas boa parte do elenco e da equipe técnica da Chapecoense, time do oeste de Santa Catarina.

"Bem vindos a casa, que Deus os abençoe", disse Galvão, claramente emocionado, após o avião da Força Aérea Brasileira aterrissar no aeroporto de Chapecó, às 9h30. A outra aeronave pousou às 9h45, ambas vindas de Manaus, onde fizeram uma escala após saírem de Medellín.

Ícone do esporte brasileiro, Galvão Bueno protagonizou uma série de momentos emocionantes após a tragédia, ocorrida na madrugada de terça-feira (29). Durante participação no programa "Encontro com Fátima Bernardes", ele chegou a dizer que não tem mais vontade de narrar nenhum jogo neste ano. Entre as vítimas do acidente estava Mário Sérgio, ex-jogador e comentarista do SporTV.

Nesta semana, Galvão também falou sobre a possibilidade de narrar um jogo da Chape. "Confesso que não penso em outra coisa. Quero muito fazer". O nome do narrador chegou a ser um dos assuntos mais comentados do Twitter na manhã deste sábado (3), principalmente pelo fato de seu nome ser sempre associado à alegria do esporte, e agora estar narrando um momento tão triste.

LEIA MAIS:

- Galvão sobre narrar jogo da Chapecoense: 'Não penso em outra coisa'

- Após críticas, Michel Temer decide ir a velório coletivo na Arena Condá

- Chapecó se despede de vítimas do acidente com avião que levava jogadores da Chapecoense