NOTÍCIAS

IBGE: PIB cai 0,8 % no terceiro trimestre e tem a sétima queda seguida

30/11/2016 10:06 -02 | Atualizado 30/11/2016 10:06 -02
Bloomberg via Getty Images
A pedestrian walks past a closed store for sale in Sao Paulo, Brazil, on Thursday, May 5, 2016. Rising unemployment and still-high inflation have combined to bring Brazil's consumer confidence to a record low, as gross domestic production is forecast to shrink for the second-straight year in 2016. Photographer: Paulo Fridman/Bloomberg via Getty Images

O Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, fechou o terceiro trimestre do ano com queda de 0,8% em relação ao trimestre anterior.

Com isso, o país registra o sétimo trimestre seguido de retração da economia. Já no resultado acumulado do ano até setembro, o PIB apresentou recuo de 4% em relação a igual período de 2015, maior queda para este período desde o início da série em 1996.

Sobre o terceiro trimestre de 2015, sem ajuste sazonal, o PIB despencou 2,9%.

Em valores correntes, o PIB alcançou R$ 1,580 trilhão. Os dados das Contas Nacionais Trimestrais foram divulgados hoje (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na análise dos subsetores da economia, a agricultura teve retração de 1,4% no período, a indústria caiu 1,3% e o setor de serviços registrou queda de 0,6%.

Os dados do IBGE mostram ainda que o consumo das famílias caiu 0,6% e o do governo, 0,3%. Já a Formação Bruta de Capital Fixo, que são os investimentos, recuou 3,1%.

(Com informações da Reuters e Agência Brasil)

LEIA MAIS:

- 7 startups que ajudam quem quer uma renda extra no fim do mês

- Estudo aponta queda na diferença de renda entre negros e não negros