NOTÍCIAS

Bolsonaro critica Fátima Bernardes por debate policiais x traficantes: 'Mídia completamente parcial'

21/11/2016 13:16 BRST | Atualizado 21/11/2016 13:16 BRST
Montagem / Reprodução

Após uma polêmica enquete no programa Encontro com Fátima Bernardes causar grande repercussão na última quinta-feira (17), o deputado federal Jair Bolsonaro decidiu entrar na discussão por meio de um vídeo publicado em seu Facebook neste domingo (20).

Em seu programa matinal, a apresentadora da Rede Globo aproveitou a estreia do filme Sob pressão, dirigido por Andrucha Waddington, para perguntar a seus convidados sobre quem eles escolheriam salvar primeiro em uma situação hipotética: um traficante com risco de morte ou um policial com ferimentos leves. No filme, o médico Evandro, que trabalha no sistema público de saúde, precisa tomar uma decisão semelhante.

Os participantes do programa, entre eles Julio Andrade, ator que interpreta o personagem, optaram por atender ao criminoso, o que causou revolta entre telespectadores e policiais militares.

Após a morte de 7 homens e a queda de um helicóptero supostamente abatido pelo crime organizado no Rio, neste fim de semana, Bolsonaro usou as redes para criticar a abordagem de Fátima.

“Como chegamos a esse estado de coisas?”, indagou o parlamentar a seus seguidores. “O motivo? Podemos identificar alguns: uma mídia completamente parcial, haja visto a questão agora de Fátima Bernardes, que prefere conduzir seu programa dando mais atenção a um traficante ferido do que a um policial, um herói a serviço nosso nas ruas”.

LEIA MAIS:

- 5 coisas que você deve saber antes de dizer que 'bandido bom é bandido morto'

- ONU: Decisão sobre Carandiru é 'uma das mais sérias violações aos direitos humanos'

- Todos os dias o Brasil registra 'um Carandiru e meio' em mortes por arma de fogo, aponta Mapa da Violência 2016 (ESTUDO)