LGBT

Crivella diz que eleição dele, de Doria e Kalil é sinal em favor dos valores tradicionais

01/11/2016 21:30 BRST | Atualizado 01/11/2016 21:30 BRST
YASUYOSHI CHIBA via Getty Images
Rio de Janeiro's Mayoral candidate Evangelical senator Marcelo Crivella, from Brazilian Republican Party (PRB), is pictured before debating with opponent Marcelo Freixo, from the leftist Socialism and Freedom Party (PSOL), at TV Bandeirantes ahead of the second round of Rio de Janeiro's Mayoral election in Rio, Brazil, on October 7, 2016. / AFP / YASUYOSHI CHIBA (Photo credit should read YASUYOSHI CHIBA/AFP/Getty Images)

Para o prefeito eleito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), a eleição dele e dos novos prefeitos de São Paulo, João Doria (PSDB), e Minas Gerais, Alexandre Kalil (PHN) é "uma mensagem contra a legalização do aborto, liberação das drogas e discussão de gênero nas escolas”.

A declaração foi feita nesta terça-feira (1º), no Senado Federal. O senador disse ainda que os três tem em comum a "preservação dos valores tradicionais da civilização ocidental”. “Vejo convergência nas nossas posições”, ponderou.

Ainda em comparação com os outros dois, ele afirmou que “insistem em dizer que é conservadorismo, mas conservadorismo tem a ideia de intolerância, o que não ocorre. Nós três somos bem democráticos na maneira de ser, agir”.

Apesar da mensagem aos setores mais conservadores, ele afirmou que sua gestão será democrática.

LEIA TAMBÉM:

- Crivella assume a Prefeitura do Rio de Janeiro com a missão de sair da sombra da igreja

- Crivella comemora a vitória: 'Agradeço o voto dos católicos, umbandistas, kardecistas e ateus'

- Financial Times: Bancada evangélica conduz Brasil para a direita