MUNDO

Integrante da Academia Sueca dispara contra Bob Dylan: 'Grosseiro e arrogante'

22/10/2016 19:33 BRST | Atualizado 22/10/2016 19:33 BRST
ASSOCIATED PRESS
FILE - In this Feb. 6, 2015 file photo, Bob Dylan accepts the 2015 MusiCares Person of the Year award at the 2015 MusiCares Person of the Year show in Los Angeles. Dylan will perform at the Desert Trip music festival, kicking off Friday, Oct. 7, in Indio, Calif. (Photo by Vince Bucci/Invision/AP, File)

Vencedor do Prêmio Nobel de Literatura, o cantor Bob Dylan fez pouco caso da nomeação e foi chamado de “grosseiro e arrogante”. De acordo com o The Guardian, integrante da Academia Sueca, o escritor Per Westberg fez a afirmação em relação ao fato de a academia não ter conseguido entrar em contato com o músico.

Além de não ter respondido a academia, Dylan não reagiu publicamente ao prêmio. No dia em que foi nomeado, em 13 de outubro, ele fez um show em Las Vegas e não fez nenhuma menção ao prêmio.

Essa é uma situação sem precedentes”, disse Wastberg.

Na apresentação, ele fez um cover de Why try to change me now (por que tentar me mudar agora), de Frank Sinatra. Para a publicação inglesa, a música foi um aceno à aversão de Dylan à mídia.

Segundo a secretária-geral da Academia Sueca, Sara Danius, Dylan foi escolhido "por criar uma nova expressão poética na tradicional canção americana". Ela destacou ainda que como artista, Dylan "foi altamente versátil e trabalhou como pintor, ator e autor de roteiros”.

LEIA TAMBÉM:

- 'Tarântula', 'Crônicas' e 'The Lyrics': Os livros de Bob Dylan que você precisa ler

- Adivinha como Eduardo Suplicy reagiu ao Nobel de Bob Dylan?

- Bob Dylan vence o Nobel de Literatura 2016