NOTÍCIAS

Grupo que se dizia apartidário, MBL elege pelo menos 8 políticos no País

02/10/2016 23:00 BRT | Atualizado 02/10/2016 23:00 BRT
NOVO! DESTAQUE E COMPARTILHE
Destaque o texto para compartilhar no Facebook e no Twitter
Reprodução/Facebook

O Movimento Brasil Livre (MBL), que nasceu com a negativa aos partidos políticos, elegeu pelo menos 7 vereadores e um prefeito em municípios do Brasil.

A vitória mais expressiva foi a de Fernando Holiday para a Câmara Municipal de São Paulo, com 48 mil votos.

Com uma visão mais liberal, defensor de bandeiras como privatizações, o movimento lançou 44 candidatos por partidos como DEM, PSDB, PSC, PRB e PTB.

A promessa dos candidatos era de "transparência, honestidade e a verdade". "Propostas de cortes de privilégios e mamatas estatais; maior eficiência na gestão pública" também estavam no pacote. Movimento ressalta ainda a "histórica de resistência e luta contra o totalitarismo e o socialismo no Brasil".

LEIA TAMBÉM:

- Com 301,4 mil votos, Suplicy é o vereador mais votado em São Paulo

- Pronto para 2º turno, Marcelo Crivella não pretende dialogar com PMDB

- Doria (PSDB) é eleito prefeito de São Paulo e fortalece Alckmin para Presidência em 2018