NOTÍCIAS

Soma de abstenções, nulos e brancos em SP supera votos de João Doria

02/10/2016 23:17 -03 | Atualizado 02/10/2016 23:17 -03
Divulgação/Facebook

João Doria (PSDB) conquistou um feito inédito em São Paulo: ganhar a eleição em primeiro turno, com 53,3% dos votos válidos. Apesar de estar muito à frente do segundo lugar, o atual prefeito, Fernando Haddad (PT), o tucano perderia para a soma de abstenções, votos brancos e votos nulos.

Doria conquistou 3.085.187 votos.

A abstenção em São Paulo foi de 1.940.454 eleitores. Foram 788.379 votos nulos e 367.471 brancos.

Somados, abstenção, brancos e nulos chegam a 3.096.304.

No primeiro turno de 2012, a abstenção foi de 1.592.722 eleitores. Na última eleição, foram 516.384 votos nulos e 381.407 brancos. Somados, abstenção, nulos e brancos eram 2.490.513.

A soma também superava tanto a quantidade de votos então obtidos pelo primeiro lugar daquela disputa, José Serra (PSDB), com 1.884.849, quanto pelo segundo, Haddad, que conquistara 1.776.317 eleitores.

Apesar de o voto nulo ser considerado uma forma de protesto, ele não anula eleição, como muitos eleitores costumam pensar.

LEIA MAIS:

- Eleito, João Doria promete ‘reconduzir São Paulo ao papel que a cidade merece'

- Derrotado no primeiro turno, Haddad diz que deixa Prefeitura de São Paulo com sensação de 'dever cumprido'

Políticos vão às urnas