COMPORTAMENTO

EUA: No Colorado, impostos 'extras' de maconha vão para o combate ao bullying

29/09/2016 14:49 BRT | Atualizado 29/09/2016 14:49 BRT

weed colorado

Os eleitores do Colorado, nos Estados Unidos, concordaram, meses atrás, como contamos aqui no HuffPost Brasil, em permitir que o estado ficasse com os US$ 66 milhões (R$ 212 milhões) "extras" recolhidos em impostos na venda da maconha. A estimativa inicial era de que a arrecadação fosse de US$ 40 milhões (R$ 151 milhões).

É que um erro de contabilidade do governo local poderia forçar o estado a reembolsar e redistribuir o montante entre os contribuintes e cultivadores da planta. Por conta disso, aliás, o estado já havia promovido em setembro um dia de vendas do produto livre de impostos.

Por lei, os impostos com a venda da maconha recreativa são revertidos para a educação pública e também para campanhas educativas sobre o consumo de drogas. Mas faltava saber o que fazer com os R$ 212 milhões que sobravam em caixa. Faltava. Porque o estado americano decidiu investir o dinheiro em campanhas educativas contra o bullying.

weed colorado

"É muito dinheiro", comentou o Dr. Adam Collins ao Denver7, coordenador dos esforços contra o bullying, em entrevista. "É uma grande oportunidade para as escolas aplicarem e terem certeza de que o bem estar social e emocional dos estudantes estão sendo levados a sério", completa Collins.

Segundo a revista Time, Colorado Department of Education vai distribuir cerca de US$ 2,9 milhões (R$ 9,24 milhões) serão endereçados a programas de prevenção de bullying - serão US$ 40 mil (R$ 129 mil) por escola a cada ano.

Entre as iniciativas que serão bancadas pelo imposto da maconha está a criação de comitês de pais, professores e membros da escola para debater casos que surgirem.

Segundo dados oficiais do Colorado, as lojas licenciadas e regulamentadas do estado registraram vendas de US$ 996 milhões somente em 2015.

weed colorado

LEIA TAMBÉM:

- Betty Faria: 'Eu gosto de maconha, acho que não tem efeito nenhum'

- Guerra às drogas prende um americano a cada 25 segundos. E isto é ridículo

- Reino Unido admite, finalmente, efeitos medicinais da maconha